Jovem acusado de homicídio em Manacapuru em preso na Comunidade do Laguinho - Fato Amazônico


Jovem acusado de homicídio em Manacapuru em preso na Comunidade do Laguinho

Alessandro Amorim de Paiva, 20, anos, acusado de homicídio foi preso preventivamente na última sexta-feira (8) por policiais da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru.

O delegado Rodrigo Torres disse que o acusado foi preso na casa onde morava, situada na Comunidade Laguinho, em Manacapuru, município distante 68 quilômetros em linha reta da capital. Torres explicou que Alessandro estava sendo procurado pela autoria do homicídio de Wellerson Souza da Silva, 20, ocorrido no dia 11 de março de 2017.

“No dia do crime o infrator e a vítima estavam consumindo bebidas alcoólicas na rua Laranjal do bairro Correnteza, em Manacapuru, quando, por volta das 4h da madrugada, eles iniciaram uma discussão e Alessandro, utilizando uma faca, desferiu um golpe no abdômen de Wellerson. Em seguida o infrator empreendeu fuga”, explicou o delegado.

Rodrigo Torres informou que as diligências em torno do caso foram iniciadas após familiares da vítima formalizarem a ocorrência. Em seguida, a autoridade policial representou à Justiça o pedido de prisão preventiva em nome do infrator. A ordem judicial foi expedida pelo juiz Aldrin Henrique de Castro Rodrigues, da 2ª Vara da Comarca de Manacapuru.

Ao término dos procedimentos cabíveis na DIP, Alessandro irá permanecer na carceragem da delegacia, que funciona como unidade prisional em Manacapuru.