Jovens Adventistas praticam solidariedade com dependentes químicos - Fato Amazônico

Jovens Adventistas praticam solidariedade com dependentes químicos

Boa Vista, RR… [ASN] No Brasil aproximadamente 14% de famílias convivem com dependentes químicos, segundo pesquisa da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Essa é uma doença crônica e multifatorial causada pela frequência do uso da substância, por condições de saúde, fatores genéticos, ambientais e psicossociais.

Com essa estimativa, um grupo de pessoas decidiu se unir no dia mundial do jovem adventista em visita ao Centro de Atendimento Psicossocial, CAPS- ad em Boa Vista – RR.

Em meio a diversas atividades sociais na capital feita por A Sociedade, Thayla Moraes, estudante de direito, escolheu essa ação, pois incentiva de maneira prática a ajudar o próximo. “Na nossa igreja vivemos essa realidade de famílias que enfrentam esse problema com dependentes químicos, então decidimos vir aqui fazer esse trabalho que deu início hoje, mas vai se estender ao longo do ano”, declara.

A interação do grupo com música, palestra e dinâmicas foi muito importante para os pacientes do local, levando-os a refletir na confiança que precisam ter em Deus e como melhorar a sua autoestima. Segundo a estudante de psicologia, Andreina Cunha, responsável pela palestra da visitação, a autoestima é um dos fatores contribuintes para restabelecer a cura da dependência química. “Ficou muito claro para eles o que queríamos passar sobre a confiança que eles devem ter em Deus e que é Ele quem ajudará a autoestima de cada um ser sempre positiva, a esquecer problemas passados e seguir em frente”, afirma.

Leia também: Jovens comemoram Global Youth Day fazendo o bem

Em Boa Vista ocorreu mais 5 ações ao longo do dia, deixando a capital com a marca do A Sociedade.[Equipe ASN – Giovanna Bonilha]