O comboio motorizado que transportava o líder norte-coreano, Kim Jong-un, chegou nesta terça-feira (26/02) no meio de uma enorme expectativa a Hanói, onde a partir de amanhã acontecerá a cúpula com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Precedido por um grande dispositivo de segurança motorizado que inclui tropas vietnamitas e norte-coreanas, a limusine que transporta Kim percorreu o centro da capital vietnamita até chegar ao hotel Meliá, onde se hospedará o líder.

A caravana circulou pelas avenidas de Hanói sob o olhar atento de milhares de curiosos reunidos atrás das barreiras estabelecidas pelas autoridades locais, que distribuíram ao público as bandeiras da Coreia do Norte, EUA e Vietnã.

Kim chegou ao seu destino cerca de 66 horas depois de ter iniciado a viagem de trem que partiu no último sábado de Pyongyang, e após atravessar hoje a fronteira entre a China e Vietnã e fazer por estrada o último trecho, de aproximadamente 170 quilômetros, até Hanói.

Segundo com informações da propaganda norte-coreana, ele é acompanhado por seus colaboradores mais próximos, entre eles sua irmã, Kim Yo-jong, e um dos principais responsáveis da inteligência norte-coreana, Kim Yong-chol.

Como é habitual nos deslocamentos do líder norte-coreano, o regime está mantendo em segredo o itinerário de Kim, que a princípio hoje se reuniria com membros do governo vietnamita.

Sobre Donald Trump, a previsão é que o presidente americano aterrisse dentro de algumas horas em Hanói.

A expectativa é que esta segunda reunião com Trump sirva para dar um impulso ao processo de desnuclearização do regime que os dois líderes trataram na sua primeira cúpula, realizada em Singapura, no ano passado.

(EFE)