Lilian Farias lança Mulheres Que Não Sabem Chorar na Bienal do Livro de São Paulo - Fato Amazônico

Lilian Farias lança Mulheres Que Não Sabem Chorar na Bienal do Livro de São Paulo

A autora Lilian Farias lança seu mais novo romance, Mulheres Que Não Sabem Chorar, na Bienal do Livro de São Paulo. A autora receberá os leitores para uma sessão de autógrafos no dia 24 de agosto, às 14 horas, no stand a Editora Literata.

O livro ainda não foi lançado, mas já gera bastante repercussão nas redes sociais, despertando interesse de uns e insatisfação de outros.

Mulheres Que Não Sabem Chorar conta a história de duas pessoas que se reconhecem como mulheres e que se amam em toda plenitude. Desse amor renascem sentimentos que outrora fora reprimidos: dores, curas e anseios sobre o próprio amar e ser amada. Duas mulheres que precisam quebrar o pior e mais severo dos preconceitos: aquele que habita em nossas entranhas! Mais que uma relação homoafetiva, Mulheres que não sabem chorar nasceu dos meus 40 dias no deserto, durante todas as privações e isolamentos sociais. O deserto me ensinou a recolher e emanar as minhas ancestrais para me dar vida própria e encarar o mundo, depois soprei nas palavras da vida, que pulsava nas minhas veias, a força de Ísis.

Por se tratar de um romance homoafetivo, algumas pessoas não concordam com a publicação do livro. “Amo escrever sobre aquilo que incomoda, não tenho medo do preconceito.”, Lilian Farias.

A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são iguais e merecem ser tratados da mesma forma.