Samantha Gondim, a mãe do filho de Alexandre Frota, decidiu processar o ex nas varas cível e criminal, após as declarações dadas no início da semana pelo famoso. A advogada da moça, Juliana Zappalá Bisol, deu a versão de sua cliente dos fatos.

“Ela tinha 16 anos na época. Não trabalhava e nem poderia trabalhar como bartender, como afirma o senhor Alexandre Frota. Não foi apenas uma relação. Os dois tiveram um envolvimento”, explicou a representante legal da mãe de Mayã ao jornal “Extra”.

E destacou que agirá para que o ex-ator seja punido: “Tomaremos todas as medidas cabíveis na Justiça”.

Assim que soube que o pai havia sido eleito deputado federal por São Paulo, o rapaz usou as redes sociais para detoná-lo. “Eu sou filho de um ex-ator pornô, viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar”, disparou.

Frota não gostou e, no dia seguinte, rebateu todas acusações. Entre as coisas citadas, o famoso afirmou que concebeu Mayã enquanto estava drogado em um hotel com Samantha. O político também disse que foi com o dinheiro dos filmes adultos que sustentou o jovem por muitos anos.

Vale destacar que além dos processos na vara cível e criminal, o bonitão corre o risco de ser preso por dever cerca de R$ 60 mil de pensão alimentícia ao filho. (FAMOSIDADES)