Mais de 1.100 estudantes da rede pública estadual concluem formação profissionalizante do Pronatec - Fato Amazônico




Mais de 1.100 estudantes da rede pública estadual concluem formação profissionalizante do Pronatec

Neste mês de dezembro, 1.190 estudantes da rede pública estadual concluíram formações técnicas pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Iniciados em agosto de 2012, mais de 40 cursos técnicos e profissionalizantes foram oferecidos para alunos matriculados a partir do 2º ano do ensino médio.

Desenvolvido pelo Governo Federal e contando, no Amazonas, com a parceria do Governo do Estado via Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e prefeituras municipais, o Pronatec procura beneficiar jovens estudantes com cursos ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam).

Iniciados no dia 6 de agosto de 2012, os cursos técnicos com carga horária variando entre 1.000 e 1.500 horas/aulas foram aplicados em Manaus,Coari, Tefé, Parintins, Itacoatiara, Manacapuru, Lábrea e Maués.

Entre as mais de 40 formações ofertadas no Amazonas pelo Pronatec, estiveram os cursos técnicos em: Secretariado, Recursos Humanos, Arte Visuais, Meio Ambiente, Alimento, Edificações, Eletrotécnica, Química, Automação Industrial, Logística, Hospedagem, Administração, Recursos Pesqueiros, Estética, Segurança do Trabalho, Contabilidade, Manutenção e Suporte em Informática, Mecatrônica, Refrigeração e Climatização, Sistema a Gás, Mecânica.

A proposta do programa, segundo a representante da Seduc e uma das coordenadoras da ação, Cileda Nogueira, é proporcionar aos alunos uma formação abrangente, não se limitando apenas a uma educação formal. “Com o Pronatec, além de o aluno ter a formação acadêmica dentro da escola, ele pode ter ainda uma visão direcionada ao mercado de trabalho”, comenta.

Oportunidade de crescimento – Com 56 anos de idade e voltando aos estudos por meio da Educação de Jovens e Adultos (EJA), Inês dos Santos Alves, aluna da Escola Estadual Cleômenes do Carmo Chaves, localizada na zona leste de Manaus, encontrou no Pronatec uma possibilidade maior de crescimento.

Ao concluir o curso técnico em Administração, Inês se revela feliz por ter novos horizontes. “O curso foi fundamental para mim, pois pude adquirir conhecimentos na área e tive uma visão ampla do que vou encontrar no mercado de trabalho”, mencionou.

Ingresso no mercado de trabalho – Segundo o professor Isaac Oliveira, que ministra aulas do curso técnico em Administração, pelo Senai, a formação complementar é fundamental para os estudantes.

“Com o curso, os alunos aos quais conduzi o curso, assimilaram noções primordiais no estudo da Administração, que serão muito válidas quando estiverem no ensino superior. Tenho certeza que 85% deles entrarão no mercado de trabalho com ótimo desempenho”, afirma o professor.

Cursos expandidos para o ensino fundamental –Além dos cursos técnicos, que têm carga horária superior a milhoras, o Pronatec oferece também cursos denominados “Formação Inicial Continuada (FIC)”, que são concluídos em um período que varia entre três e quatro meses.

Entre estes cursos, destacam-se os de Montagem e Manutenção de Computadores, Administradores de rede, Operador de Computador, Auxiliar Administrativo, Recepcionista em meios de Hospedagem, Recepcionista de Eventos.

De acordo com a coordenadora Cileda Nogueira, o Estado aguarda apenas uma normativa do Governo Federal para que os cursos de curta duração (FIC) sejam oferecidos já em 2014 também para estudantes do ensino fundamental. “Estamos na expectativa por esta expansão e acreditamos que os benefícios gerados serão muitos”, citou.