Mais de 300 educadores da Semed iniciam curso de formação de gestores - Fato Amazônico

Mais de 300 educadores da Semed iniciam curso de formação de gestores

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), deu início, neste sábado, 07, ao Programa de Formação de Gestores (Progestão) para 350 profissionais do magistério da rede pública do município. O curso tem a finalidade de oferecer formação a lideranças escolares comprometidas com a construção de um projeto de gestão democrática focada na qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos alunos.

A abertura do curso aconteceu no auditório da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), da Semed, na Avenida Maceió, zona Centro-Sul de Manaus.

As aulas têm duração de 10 meses, carga horária de 300h, com término previsto para março do próximo ano, e serão realizadas na modalidade semipresencial, sendo cinco encontros in loco (25%) e o restante à distância (75%). O cursista receberá uma chave de acesso e por meio do sitee-proinfo.mec.gov.brpoderá assistir ao módulos online.

Para a coordenadora do Progestão na Semed, Daila Menezes, a expectativa é que ao final do curso os participantes tenham se aperfeiçoado nas áreas de gestão escolar, participativa e de recursos financeiros.

“O nosso objetivo é formar gestores escolares. Durante o curso, eles vão aprender o funcionamento da escola, a função social da escola, a parte de prestação de contas relacionada aos recursos federais, planejamento, gestão democrática, ou seja, todos os recursos e bases de uma gestão pública. Na realidade, o Progestão será um dos primeiros critérios para uma possível seleção de gestores escolares. A Semed pretende fazer um processo seletivo para gestores em um futuro próximo e já começamos a nos antecipar”, disse.

Expectativa

A diretora da Escola Municipal Escritora Nísia Floresta, Leandra Corrêa, acredita que o Progestão será um suporte para as práticas diárias do gestor escolar. Segundo ela, há uma expectativa de todos os cursistas em conhecer novas ferramentas e aplicá-las.

“­­O Progestão para mim é como lanterna, que vai clarear nossos passos dentro da gestão da escola. É uma boa ferramenta para complementar nosso trabalho. Formação nunca é demais. Costumo dizer sempre que a melhor prevenção é a informação. Os gestores e professores abraçaram a ideia, tanto que as salas estão cheias, mesmo sendo sábado”, afirmou.

Para Leandra, o principal aprendizado será entender como trabalhar com as novas tecnologias educacionais.

“Os nossos alunos não são mais os mesmos de antigamente. Então é um desafio grande acompanhar as tendências tecnológicas. Se você der uma aula comum com livro e lousa eles não correspondem”, concluiu.