Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aproximadamente 77 mil alunos da rede municipal de ensino participaram, ontem (25/4), da primeira aplicação de 2018 da Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE).  A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Educação realiza a avaliação com estudantes dos 3º, 4º, 6º e 8º anos do Ensino Fundamental, de 342 unidades de ensino do município.  

A prova consiste em uma avaliação institucional, que busca analisar o desempenho dos alunos nas disciplinas de Português e Matemática, segundo a coordenadora da revisão de itens da ADE e assessora pedagógica da Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, Santana da Rocha.

“O objetivo principal, por ser uma avaliação em larga escala é avaliar o desempenho dos estudantes em níveis de habilidades e competências, por meio das matrizes nacionais e habilidades nas duas principais disciplinas“, explicou.

Com a avaliação, as escolas podem trabalhar, posteriormente, em cima das dificuldades e habilidades que precisam ser mais bem desenvolvidas pelos estudantes. Para alunos do 3º e 4º ano a prova contém um total de 32 questões, sendo 16 para cada habilidade trabalhada. Já as provas de 6º e 8º têm 44 itens, sendo metade para português e a outra para matemática.

Na Escola Municipal José Carlos Martins Mestrinho, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, 120 alunos do 3º e 4º ano fizeram a avaliação. Um dos alunos foi Evandro Lucas Mota, de 9 anos. O estudante é um dos alunos mais aplicados da unidade e conseguiu acertar todas as questões da ADE de 2017.

“Estou um pouco nervoso e, ao mesmo tempo, bastante confiante, porque venho me preparando desde o inicio do ano, com duas horas de estudo por dia”, destacou.

A preparação dos alunos se deu por meio de simulados, realizados duas vezes por mês, além de reuniões com pais para esclarecer as maiores dificuldades dos estudantes e aulas atrativas para mostrar a importância da avaliação.

Pelo esforço e trabalho pedagógico a escola está entre as 15 melhores unidades da ADE no ranking da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul.  Outro reflexo positivo do trabalho pedagógico foi a nota 6.9 nos anos iniciais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), de 2015, ficando em 6º lugar geral do Ideb da rede.

“Com reflexo e fruto do trabalho realizado a escola espera vai superar os rendimentos da ADE de 2017 em 2018”, destacou a gestora da unidade, Conceição da Silva de Aguiar.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •