A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, constituiu cinco “conselhos empresariais” com altos diretores para que a assessorem sobre como gerar boas condições de negócio após o “brexit”.

Em comunicado, May afirmou que a saída britânica da União Europeia (UE) apresenta “grandes oportunidades”, por isso que deseja que estes executivos a assessorem sobre como aproveitá-las, assim como sobre os possíveis “desafios”.

Cada conselho, que será copresidido por dois diretores e formado por dez membros – entre empresários e chefes de organizações -, se reunirá três vezes por ano, duas delas com a chefe do Governo e a terceira com um ministro, indica na nota.

Entre os participantes destes fóruns, que espera-se que visitem hoje Downing Street, figuram a diretora da patronal CBI, Carolyn McCall; o executivo-chefe da rede de supermercados Tesco, Dave Lewis e a responsável do canal ITV, Carolyn McCall.

Também há representantes do BT, da BAE Systems e da Rolls-Royce, da seguradora Prudential, do banco Santander UK, entre outros. (EFE)