Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Com objetivo de reduzir as complicações, internações e a mortalidades decorrentes das infecções pelo vírus da influenza e do sarampo a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude Esporte e Lazer (Semjel) mobiliza a população, a participar nesta sexta-feira, 25/5, a partir das 8h, da 20ª Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, o Dia “D”, que acontecerá na Minivila Olímpica do Coroado, zona Leste de Manaus.

Os interessados precisam pertencer aos grupos prioritários que terão os atendimentos divididos em dois horários de 8h às 10h e de 14h às 16h, crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias, gestantes (em qualquer idade gestacional), puérperas (até 45 dias após o parto), indivíduos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores de saúde do serviço público e privado, indígenas (apenas Distrito de Saúde Rural – Polo Base).

Também estão inclusos no grupo prioritário, professores da rede pública e privada de ensino, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas sócio-educativas Vale ressaltar que será obrigatório a apresentação do cartão de vacina.

A ação de vacinação foi solicitada pela Semjel para atender a população que mora ao redor da Minivila Olímpica do Coroado, como afirma a assistente social da secretaria, Márcia Maricaua. “Esse dia será exclusivo para todas as pessoas que precisam se prevenir e reduzir as doenças que o vírus da influenza e do sarampo trazem. Desse modo todas as pessoas que moram próximo à Minivila vão poder se prevenir”, observa.

Vírus da Influenza

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, podendo levar ao agravamento ou óbito, especialmente nos indivíduos que apresentem fatores ou condições de risco para complicações. É de elevada transmissibilidade, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais.

A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. A síndrome gripal, que se caracteriza pelo aparecimento súbito de febre, cefaleia, dores musculares (mialgia), tosse, dor de garganta e fadiga é a manifestação mais comum.

Nos casos mais graves, geralmente, existe dificuldade respiratória e há necessidade de hospitalização; nesta situação, denominada Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), é obrigatória a notificação às autoridades de saúde.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •