Morreu, na manhã desta terça-feira, um dos goleiros mais célebres da história. Gordon Banks, autor da “defesa do século” contra Pelé, no Mundial de 1970, tinha 81 anos e lutava contra um câncer.

“Da família de Gordon Banks: é com grande tristeza que anunciamos que Gordon morreu tranquilamente durante a noite. Estamos devastados por perdê-lo, mas temos muitas memórias felizes e não poderíamos estar mais orgulhosos dele”, diz um comunicado publicado pelo Stoke City nas redes sociais.

Ídolo do clube inglês e campeão mundial com a  Inglaterra em 1966, Banks povoa o imaginário brasileiro por uma cena que aconteceu quatro anos depois: na Copa do México, ele parou uma cabeçada de Pelé de maneira magistral. Este lance passou a ser considerado “a defesa do século”. (O Globo)