Morte de aluna com suspeita de meningite leva a suspensão de aulas no Sólon de Lucena - Fato Amazônico

Morte de aluna com suspeita de meningite leva a suspensão de aulas no Sólon de Lucena

A morte ontem à noite de Talita Gomes, de 18 anos, que cursava o terceiro ano do Ensino Médio na Escola Estadual Sólon de Lucena, na Avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Oeste de Manaus, com suspeita de meningite, resultou na suspensão das aulas e a proibição de alunos e professores de entrarem na instituição de ensino.

De acordo com os alunos, Talita, passou mal e chegou a ser atendida em uma unidade hospitalar da capital amazonense, mas foi liberada após tomar medicação.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, e a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (DVAE), Angélica Tavares, o óbito da estudante de Talita, com confirmação clínica de Miningite, não quer dizer que cidade está sob um surto da doença.

Talita apresentou febre na Escola Estadual Sólon de Lucena e foi levada para a família ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto com sintomas de cefaleia, febre, vômito, convulsão, rigidez na nunca, petéquias, evoluindo para óbito. Foi confirmado clinicamente meningite e a Semsa está aguardando a confirmação do laboratório.