Paulinho da Força (Solidariedade) é dos que poderá perder o mandato

A Procuradoria Regional de São Paulo requereu quatro Ações de Impugnação de Mandato Eletivo contra quatro deputados federais, sete estaduais e mais de 500 suplentes eleitos pelos partidos Solidariedade, Podemos, Patriota, PHS e PMB.

O motivo seria o uso de candidatas laranjas para completar a cota obrigatória de mulheres exigida pela justiça eleitoral. As ações correm em segredo de Justiça.

Foram alvos de pedidos de cassação estão os deputados federais:

c (Solidariedade);

Marco Feliciano (Podemos);

Renata Abreu (Podemos);

Roberto Lucena (Podemos).

De acordo com a procuradoria, foram encontradas mais de 60 candidatas laranjas em São Paulo nas eleições de 2018. As informações foram divulgadas na manhã desta segunda-feira (11.mar.2019) pelo jornal O Estado de S.Paulo.