Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share

O Ministério Público Federal (MPF) abriu um inquérito civil, ontem (8), para apurar a execução e entrega de resultados dos exames para a prevenção do câncer de colo do útero nos municípios do Estado do Amazonas. No domingo (5), a deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB), constatou que no município de Caapiranga, distante 134 quilômetros de Manaus, vem ocorrendo a demora da entrega dos resultados dos exames.

De acordo com a parlamentar, a população do município de Caapiranga vem sofrendo com a falta de atenção básica no sistema de saúde. A visita de fiscalização da deputada aconteceu no hospital Odilon Alves de Araújo, onde foi constatada a morosidade na entrega dos resultados dos exames.

“Caapiranga está pedindo socorro, as mulheres do município pedem socorro. Falta equipamentos para realização de exames, medicamentos e a sala de internação pediátrica está desativada a mais de dois meses”, alertou Alessandra.

Todos os municípios

O procedimento de apuração do MPF ocorre em todos os municípios do Estado, incluindo Caapiranga. O processo de apuração foi assinado pela procuradora da República Bruna Menezes.

O processo de investigação da morosidade e execução dos exames já vinha sendo apurado pelo MPF, mas a procuradora da República considerou que o resultado das averiguações mostrou-se insuficiente para esgotar o objeto do procedimento.


Compartilhe
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1
    Share