Mulher é suspeita de ter empurrado amiga do 4º andar de prédio do conjunto Viver Melhor 2 - Fato Amazônico

Mulher é suspeita de ter empurrado amiga do 4º andar de prédio do conjunto Viver Melhor 2

Uma mulher de 20 anos segue internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital e Pronto-socorro Dr. João Lucio. De acordo com a polícia, uma mulher de nome não revelado, foi detida suspeita de ter empurrado a vítima do 4º andar de um dos apartamentos do Conjunto Viver Melhor 2.

A suspeita, irmã da cunhada da vítima, nega a versão dos policiais e afirma que foi um acidente. A polícia informou que a família relatou que a jovem saiu de casa com a suspeita do crime no domingo e, desde então, não dava notícias. No apartamento, as duas estavam consumindo bebidas alcoólicas juntas.

Segundo um boletim informado pela Secretaria de Estado Saúde (Susam), a vítima passará hoje por procedimento para controle da pressão intracraniana.

A suspeita ficará detida até que peritos do Instituto Médico legal (IML) vá ao local.