Muricy decide manter Ganso no time, e Kardec chega à Argentina - Fato Amazônico

Muricy decide manter Ganso no time, e Kardec chega à Argentina

Gazeta Esportiva – O técnico Muricy Ramalho comandou ontem à noite o treino do São Paulo no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Apesar de não ter feito um treino tático no gramado, o comandante decidiu que Paulo Henrique Ganso seguirá entre os titulares.

Como emplacou uma sequência de jogos com atuações abaixo de seu normal, o meia chegou a ser cotado para o banco de reservas, principalmente depois dos diversos elogios do técnico a Boschilia no domingo. Porém, o treinador prefere bancar seu camisa 10 no importante confronto contra o San Lorenzo, na quarta-feira, pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

“Acredito muito no futebol dos nossos jogadores. A parte técnica será importante, porque precisamos ter posse de bola para jogar aqui. O Ganso é diferente, tem bom passe, e em partidas como essa a gente precisa de jogadores assim. Não posso abrir mão dos caras que são diferentes”, declarou o treinador.

Quem ficou fora do treino de reconhecimento do gramado foi o atacante Alan Kardec, que não embarcou com o elenco pela manhã porque foi liberado para acompanhar o nascimento da filha, Maria. O jogador seguiu para a Argentina no período da noite e já está integrado ao grupo no hotel.

Apesar de ter confirmado Ganso, Muricy Ramalho não desistiu de fazer mudanças na equipe, conforme prometeu depois da derrota por 3 a 0 para o Palmeiras, na semana passada. Quem deve perder espaço são os laterais Bruno e Carlinhos, que chegaram ao São Paulo no começo do ano como titulares, mas vêm sendo criticados.

O volante Hudson é o mais cotado para ser improvisado na direita, enquanto Reinaldo volta a ganhar chance na esquerda. No ataque, Alan Kardec é o substituto de Luis Fabiano, que fica fora por conta de um problema muscular na coxa.

Assim, a provável escalação do São Paulo contra o San Lorenzo é a seguinte: Rogério Ceni, Hudson, Rafael Toloi, Lucão e Reinaldo; Denilson, Souza, Ganso e Michel Bastos; Alexandre Pato e Alan Kardec.

O Tricolor ocupa a segunda posição do grupo 2 da Libertadores, com seis pontos, três a mais do que o San Lorenzo e três a menos do que o rival Corinthians, que também entra em campo nesta quarta, diante do lanterna Danubio.