Na visita do governador José Melo a Barreirinha PMs agridem advogado que participava de manifestação - Fato Amazônico

Na visita do governador José Melo a Barreirinha PMs agridem advogado que participava de manifestação

Na visita do governador do Amazonas, José Melo, na manhã desta sexta-feira a Barreirinha, a 331 quilômetros de Manaus, na região do Baixo Amazonas, onde inaugurou o novo porto da cidade e entregou as obras de infraestrutura do sistema viário da sede do município, uma cena não será esquecida pela população a truculência dos policiais militares contra o professor e advogado Bosco Cardoso, que fazia parte de uma manifestação contra a péssima qualidade da obra inaugurada.

O advogado, que teve uma de suas unhas arrancadas na briga com os policiais militares, disse que irá denunciar o caso a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Amazonas.

“Apenas a chuva ta destruindo toda essa obra”, disse um dos manifestantes, afirmando que Barreirinha, não tem um trafego intenso de veículos e as obras inaugurada pelo governador hoje estão sendo destruída. “Nessas obras tem muito mais areia que cimento”, acrescentou.

De acordo com fontes do Fato Amazônico, que encaminharam um vídeo via whatsaap, os policiais militares, ainda ameaçaram os manifestantes que tentavam se manifestar contra a qualidade das obras realizadas em Barreirinha, que foi inaugurada por José Melo.

As obras em Barreirinha, somando as do porto e do sistema viário foram gastos do erário cerca de R$ 48,3 milhões.

De acordo com o governador o estado está recuperando também a orla da cidade, obra que tem investimentos totais de R$ 12,6 milhões, em duas frentes, e que, segundo José Melo, deverá ser concluída quando as águas do rio baixarem. Disse que está realizando pavimentação no distrito de Terra Preta do Limão, com investimentos de R$ 9,3 milhões e, junto com a prefeitura local, fazendo a recuperação do viário de outros distritos.

A frase de José Melo de que “O Messias (Messias Sateré, prefeito de Barreirinha) não ficou parado, conseguiu recursos e está fazendo outros distritos”, não agradou muito a população que apesar de eleger o prefeito, não está nada satisfeita com a administração municipal.