Nacional vence de virada por 2 a 1 o Princesa do Solimões no Sesi - Fato Amazônico

Nacional vence de virada por 2 a 1 o Princesa do Solimões no Sesi

O Nacional mas venceu o atual campeão Princesa do Solimões de virada por 2 a 1 na tarde deste sábado (3), no primeiro jogo da final do returno do Campeonato Amazonense. O time entrou desfalcado de Chapinha e Fabiano, mas mostrou muita raça para correr atrás do placar negativo do primeiro tempo disputado no campo do SESI, Roberto Simonsen, na Zona Leste de Manaus.

O Princesa do Solimões, terá agora de vencer a partida de volta no próximo domingo no estádio Roberto Simonseno.

O Nacional entrou na partida adiantando a marcação e criando boas jogadas de ataque. Mesmo sem contar com Chapinha e Fabiano o time da Vila Municipal procurou resolver seus problemas com Léo Paraíba e Felipe Capixaba.

O Princesa, que não jogava em casa foi agüentando o jogo para armar os contra ataques. Foram poucas as chances de gol e as coisas ainda piraram quando o time de Manacapuru perdeu Michell Parintins, que teve de sair para entrada de Israel.

Num erro de ataque do Nacional saiu o gol do Princesa aos 34 minutos de partida. Léo Paraíba e Capixaba trocaram passes no meio de campo e Amaral roubou a bola. O volante tocou para Fininho que subiu pela esquerda, viu Nando na área e cruzou com perfeição. O atacante do Tubarão meteu a cabeça na bola e encobriu lindamente Wagner, que ainda pulou para tentar a defesa.

Na segunda o Nacional voltou correndo atrás do empate para ter mais chances no jogo de volta.

Em bom ataque do Leão, Jefferson Rcife lançou boa bola na área para Capixaba, que se adiantou ao goleiro Milton e marcou o gol do empate aos 8 minutos. Nacional 1 a 1 Princesa.

O segundo gol do Nacional saiu aos 19 minutos da etapa final. Após bola desviada em cruzamento de Amaral. Eder pegou a sobra subiu ao ataque chutou forte. Desta vez ele acertou no lugar certo e virou a partida para o Naça. Nacional 2 a 1 Princesa.

Nacional

Vagner; Amaral, Índio, Rodrigão e Jeferson Recife; Negretti, Bruno Potiguar e Eder; Luciano, Felipe Capixaba e Léo Paraíba.

Técnico: Sinomar Naves.

Princesa

Milton; Delciney, Lídio, He-Man e Gró; Rondinelli, Amaral, e Fininho; Israel, Branco e Nando.

Técnico: Marcos Piter