A péssima qualidade estrutural que coloca em risco de acidentes as pessoas que necessitam diariamente de embarque e desembarque na escadaria da Caçapava, na orla de Parintins, foi pauta de cobrança da vereadora Nêga Alencar (PSD), na tribuna da Câmara Municipal de Parintins, na sessão da última terça-feira (6/11).

Em seu pronunciamento Nêga Alencar denunciou o descaso com a população ribeirinha e os proprietários de embarcações que utilizam todos os dias a rampa da Caçapava para entrada e saída para as comunidades rurais. A dificuldade de acesso pelo local é principalmente para mulheres grávidas, crianças e pessoas idosas.

De acordo com a vereadora Nêga, a reforma feita pela Prefeitura de Parintins já na administração Bi Garcia  na rampa da Caçapava há um ano não passou de uma ‘maquiagem’ e não foi uma reforma de qualidade como anunciada pela administração municipal.

“A rampa da Caçapava faz parte do sistema de comércio, beneficia os ribeirinhos de nossa zona rural. Não foi uma reforma, foi uma ‘maquiagem’, como a gente está acostumado, não só nessa gestão, como na outra que nem maquiagem tinha”, afirmou.

A vereadora oposicionista se mostrou preocupada com os riscos constante para todos, principalmente para os idosos e crianças, já que a rampa está totalmente deteriorada.

“Passou por uma reforma no ano passado e foi anunciada como uma obra de qualidade. Um ano após vemos uma obra realizada com falta de compromisso com o povo. Quanto custou aquela obra?”, questionou.

Nêga Alencar criticou o fato do secretário municipal de Obras, Mateus Assayag, ser um engenheiro civil e ter uma equipe de profissionais qualificados para a elaboração e execução de um projeto estrutural de qualidade, porém aquela obra que não resistiu um ano.

“Peço atenção ao meu requerimento feito na semana retrasada, para que vejam a melhor forma possível de recuperar, de forma concreta, aquela rampa, pois quem é beneficiada é a população”, ressaltou.

A vereadora cobrou, por meio de requerimento verbal, a apresentação por parte da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), de um relatório de despesas da obra realizada no ano passado na rampa da Caçapava.

“É necessário que tenhamos esse relatório de despesas, até porque sou fiscalizadora. E a gente precisa está atentos para o que está sendo investido no nosso município”, concluiu a parlamentar.