Neymar está sendo investigado pela Agência Tributária da Espanha. De acordo com o jornal El Mundo, a investigação foi aberta para rever o bônus que o brasileiro recebeu após a última renovação de contrato com o Barcelona, bem como a sua transferência para o Paris Saint-Germain.

Ainda de acordo com a publicação, o objetivo do fisco espanhol é verificar se Neymar pagou os impostos das duas operações. O bônus que o atacante recebeu do Barcelona foi de 64 milhões de euros (cerca de R$278 milhões), ao passo que sua transferência ao PSG custou 222 milhões de euros (cerca de R$965 milhões).

Como se mudou para a França no segundo semestre de 2017, Neymar teve de realizar as suas declarações tanto como jogador do Barcelona quanto do Paris Saint-Germain, ficando assim com algumas pendências com a Fazenda Espanhola.

(Gazeta Esportiva)