No Domingo de Páscoa, Real dá chocolate em Granada com cinco de CR7 - Fato Amazônico

No Domingo de Páscoa, Real dá chocolate em Granada com cinco de CR7

Gazeta Esportiva – Domingo de Páscoa, dia de chocolate. O Real Madrid fez jus à tradição na manhã deste domingo no Santiago Bernabéu, e com um show de Cristiano Ronaldo, que marcou cinco vezes, aplicou a maior goleada desta edição do Campeonato Espanhol em cima do Granada: 9 a 1.

Além dos cinco do português, Benzema, duas vezes, Bale, uma, e o zagueiro Munir, contra, sacramentaram o massacre merengue. Ibáñez descontou para os visitantes quando o placar estava 7 a 0, lembrando o gol marcado por Oscar na fatídica semifinal da Copa do Mundo de 2014, quando a Alemanha fez 7 a 1 no Brasil no Mineirão.

O resultado faz com que o time do melhor jogador do mundo siga na perseguição ao líder e rival Barcelona, com 67 pontos na segunda colocação. Na próxima rodada, os madridistas visitam o Rayo Vallecano, no Teresa Rivero. Já o Granada segue na vice-lanterna da competição, com 23 pontos. Na próxima rodada, a equipe rojiblanca recebe o Celta de Vigo.

O dia, domingo de Páscoa. O horário, meio-dia na Espanha. A fase do time não era tão boa, já que vinha de derrota no clássico para o Barcelona há duas semanas. Entretanto, nem todos esses fatores foram suficientes para evitar que a torcida merengue lotasse o Santiago Bernabéu, com mais de 70 mil pagantes. E, em campo, os comandados de Carlo Ancelotti trataram de corresponder à presença do torcedor.

O chocolate merengue demorou 25 minutos para começar, quando Bale brigou com a zaga, driblou o goleiro e abriu o placar. Quatro minutos depois, Cristiano Ronaldo começava a dar as caras. Aos 29, o melhor do mundo recebeu de James para marcar o segundo. Aos 36, era a vez de Marcelo cruzar para o português ampliar. Três minutos depois, o camisa 7 chegou a um hat-trick ainda na primeira etapa, batendo de fora da área e contando com vacilo do arqueiro Oier.

No segundo tempo, nada mudou. Seis minutos foram necessários para Bale cobrar escanteio na área, Benzema matar no peito e fazer o quinto. Mais cinco minutos, mais um de Ronaldo. Bale recebeu sozinho e rolou para o português marcar o quarto dele. Cento e vinte segundos depois, Karim Benzema recebeu de Arbeloa para bater forte e contar com o desvio da defesa.

O sétimo gol fez a partida esfriar. O Real Madrid ainda atacava, mas não com a mesma intensidade de antes. A queda do ritmo deu à equipe visitante a possibilidade de marcar o gol de honra. Aos 28 minutos, El-Arabi deu uma bela enfiada de bola para Ibáñez bater na saída de Casillas.

Se não bastasse a boa atuação do trio BBC – Benzema, Bale e Ronaldo -, o Real ainda receberia um presente do zagueiro adversário. Aos 37, Modric entrou na área e cruzou rasteiro. Como um centro-avante, Munir desviou contra a própria meta e deu o oitavo gol aos merengues. Ainda havia tempo para mais. Aos 44, Modric levantou falta na área e Cristiano Ronaldo fez o quinto dele.