NOITE DE TERROR: Homens armados invadem CSU da Compensa e matam cinco e deixam seis feridos – Assista o Vídeo - Fato Amazônico


NOITE DE TERROR: Homens armados invadem CSU da Compensa e matam cinco e deixam seis feridos – Assista o Vídeo

Moradores do bairro da Compensa, Zona Oeste de Manaus viveram momentos de terror na noite desta terça-feira (12) quando homens armados com fuzis e pistolas invadiram o campo de futebol do Centro Social Urbano (CSU), localizado na rua Teófilo Dias e começaram a atirar, cinco pessoas morreram enquanto outros seis foram encaminhados ao Serviço de Pronto Atendimento Joventina Dias. Na ação foram mortos Davi Costa da Silva, 27, Ronaldo de Oliveira Souza, 23, Michel de Sena Passos, 33, Edilson Xavier Diniz Júnior, 24, José Diego Sena Serrão, 17 eRodrigo de Oliveira Souza, 24 e várias pessoas ficaram feridas.

De acordo com testemunhas, a invasão ao campo do CSU ocorreu no momento em que o time T5 Jamaica Compensão treinava no local. Homens encapuzados chegaram e invadiram o campo e começaram a atirar para todos os lados.

Ronaldo Oliveira, que jogava no Compensão, time patrocinado por José Roberto Fernandes, o “Zé Roberto da Compensa”, o líder da facção criminosa Família do Norte, que comando o tráfico de drogas no Amazonas, um dos principais jogadores da equipe é um dos mortos.

No ataque ao CSU, também teriam morrido, dois homens identificados apenas por “Jabá” e Rodrigo.

O racha está claro na facção que domina o tráfico de drogas no estado, as brigas constantes que eram somente na Zonas Sul e Centro-Sul de Manaus, se estenderam na Zona Oeste, reduto comando por Zé Roberto, preso em um presídio federal de segurança máxima.

Pessoas feridas foram atendidas no Serviço de Pronto Atendimento Joventina Dias e no Hospital e Pronto Socorro 28 de agosto.

O comandante-geral da PM, coronel David Brandão, seguindo determinação do secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, colocou todo o efetivo das tropas de Choque, Rocam, Força Tática e das Cicoms em regime de plantão. Até o momento, não há qualquer registro de novas ocorrências do tipo pela cidade.