NOVA ELEIÇÃO: Prefeita interina de Novo Aripuanã exonera mais de 100 servidores - Fato Amazônico

NOVA ELEIÇÃO: Prefeita interina de Novo Aripuanã exonera mais de 100 servidores

A vereadora Neumice Reges Pinto (PP) que assumiu a Prefeitura de Novo Aripuanã no dia 22 do mês passado no lugar do prefeito Mina Santana, cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral resolveu fazer uma limpeza nos quadros de servidores municipais. De acordo com denúncia encaminhada ao Fato Amazônico no mesmo dia de sua posse a nova chefa do poder Executivo demitiu mais de 100 servidores da prefeitura municipal sem nenhuma explicação.

De acordo com os servidores exonerados eles ainda foram informados de que não terão direito se que ao pagamento dos 11 meses de décimo terceiro salário.

“Trabalhamos e temos todo receber”, disse um servidor por telefone ao Fato Amazônico, informando que caso a prefeita interina não pague os direitos dos servidores eles irão a Justiça para garantir seus direitos.

Nova eleição

Na última segunda-feira (4), o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas aprovou o calendário do pleito suplementar do município Aripuanã que irá escolher o novo prefeito no dia 4 de fevereiro de 2014.

Em outubro, o Tribunal Superior Eleitoral negou o registro da candidatura de Aminadab Meira Santana (PSD), candidato eleito prefeito nas eleições de 2016, do município de Aripuanã. Os ministros determinaram a imediata realização de novas eleições para prefeito no município.

Mina foi condenado por ato doloso de improbidade administrativa em julgamento do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE) que o deixou inelegível por oito anos. Ele teve a prestação de contas, referente ao exercício de 2011, julgada irregular pelo TCE, quando exercia o cargo de prefeito de Novo Aripuanã.

Exonerações