MANAUS, 24/05/18REUNIÃO DO COMITÊ DO PORTAL DA CAMARA MUNICIPAL DE MANAUS.FOTO: ALFRAN LEÃO / CMM
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) será uma das pioneiras no Brasil a inserir uma biblioteca virtual em seu novo portal de notícias. A novidade dará a população acesso a buscas de fotos, áudios, vídeos, leis sancionadas, promulgadas, arquivos históricos da CMM, inclusive outros acervos e documentos históricos da cidade de Manaus.

A ferramenta até existe no Senado Federal e na Câmara Federal, porém, não está sendo alimentada. A Câmara Municipal de Manaus sai na frente de todas as casas legislativas com a implantação da biblioteca virtual para dentro e fora do espaço legislativo, como assegurou o diretor de Recursos Humanos da CMM, Silvio Romano.

De acordo com diretor, que é idealizador do projeto Biblioteca Virtual, a preocupação desta última legislatura, entre outros avanços, é preservar a história da CMM, não somente no aspecto legislativo, mas, principalmente, no aspecto administrativo.

Ele destaca que a partir da implantação do programa Câmara Digital na Casa Legislativa ficou mais fácil desenvolver a ferramenta, sendo que, os documentos hoje da Câmara já se encontram digitalizados, atendendo, inclusive, o princípio de acesso à informação e transparência.

“Não basta olhar somente para frente, há uma preocupação do presidente Wilker Barreto em olhar para o passado, para a história da Casa Legislativa, com a criação do ‘Projeto Memória’, o qual estará inserido na Biblioteca Virtual da CMM, a ser disponibilizado no novo portal a qualquer indivíduo e em qualquer lugar do mundo”, disse Romano.

A plataforma vai disponibilizar ao cidadão também todas as leis sancionadas e promulgadas desde as décadas de 30 e 40, por exemplo, além das galerias de legislaturas de todos os presidentes, com fotos e vídeos de sessões plenárias, regimentos antigos da Casa e o atual.

A novidade foi um dos assuntos tratados na reunião do Comitê do Portal da Transparência, realizada todos os meses para as devidas atualizações do novo site, que será lançado em junho, conforme disse a coordenadora do Comitê do Portal, Cristiane Monteiro.

 “As reuniões têm o objetivo de atualizar o portal com os melhores atrativos para que a população tenha satisfação em suas pesquisas. Os acessos estão mais detalhados, com palavras-chaves, principalmente, as pesquisas relacionadas às leis municipais”, disse a coordenadora.

Reunião

Na reunião desta quinta-feira (24), ficou acertado entre os servidores e membros do comitê, a formulação de um relatório detalhado de como é, e como continuará sendo alimentado o novo portal dentro de cada área específica. O relatório de cada servidor responsável pela alimentação do portal fará parte de um “manual”, para que outros que possam vir substituí-lo, por algum motivo, tenham em mãos as informações precisas do acesso.

 “O manual faz parte do planejamento estratégico da CMM, não somente para esta legislatura, mas para as futuras gestões que vão poder, por meio do manual, acessar e alimentar o Portal da Transparência. Dessa forma, não iremos depender apenas de um servidor para manuseio do portal, mas, sim, teremos uma cadeia de servidores aptos”, explicou Cristiane.

O site da Câmara é alimentado hoje com informações sobre licitações, pregões, cotas da Ceap (Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar), demonstrativos orçamentários e de pessoal, além de convênios firmados pela Casa Legislativa, como divulgação de eventos e toda atividade dos parlamentes e comissões técnicas do Parlamento Municipal.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •