Número de mortos por erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala sobe para 99 - Fato Amazônico


Número de mortos por erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala sobe para 99

O número de mortos pela violenta erupção no domingo do Vulcão de Fogo na Guatemala subiu ontem (6) para 99, enquanto os desaparecidos são 197.

O Instituto Nacional de Ciências Forenses da Guatemala (Inacif) informou que 24 corpos foram levados a diferentes necrotérios em três departamentos do país. O maior número de vítimas está em Escuintla, na região sul.

Até ontem, o Inacif tinha confirmado 75 mortes pela erupção.

O porta-voz da Coordenação Nacional para a Redução de Desastres (Conred), David de León, indicou que 197 pessoas estão parecidas, cinco a mais do que o informado no último relatório do órgão.

As autoridades da Guatemala registraram hoje a movimentação de “lahares” – uma corrente de “lama” vulcânica – no sudoeste do vulcão, de 3.763 metros de altitude, passando por várias comunidades do departamento de Escuintla.

A Conred afirmou que desde as explosões do domingo mais de 12 mil pessoas foram retiradas de suas casas perto da região do vulcão. Os hospitais atenderam 6.757 guatemaltecos por diversos motivos.

Os resgates foram suspensos na tarde de hoje depois da passagem de dois “lahares” fortes no oeste do vulcão.

“Os trabalhos devem voltar amanhã”, disse De León.

O porta-voz da Conred explicou que o aeroporto internacional de Aurora, na capital do país, foi afetado pela erupção, mas já voltou a funcionar. Além dele, duas estradas sofreram com as explosões e uma ponte foi destruída, segundo o governo local. (Agência EFE)