Faltando seis dias para o 2º turno da eleição ao Governo do Amazonas, o histórico de pesquisas e resultados de votação mostram que seria um fato inédito uma vitória de Amazonino Mendes (PDT) no dia 28 de outubro.

O governador que tenta a reeleição no 2º turno de acordo com os números das pesquisas divulgadas na semana passada tem uma variação de 31% a 35% dos votos válidos, mostram o Instituto Pontual e o Ibope.

A diferença dos números totalizados tanto pela empresa Pontual quanto pelo Ibope ultrapassam o dobro do percentual de intenção de votos alcançados por Wilson Lima que pontuou entre 65% e 68,41%.

Assim, à julgar pelos números percentuais dos diferentes órgãos de pesquisa, o Amazonino Mendes não entrará para o guinness book (livro dos recordes) com o quinto mandato de governador.

Pelo andar da carruagem, a entrada no guinness book será interrompida pelo jovem jornalista que há 12 anos chegou a Manaus vindo da cidade de Itaituba, no Pará e foi parar na TV e com um microfone na mão, o apresentador do programa Alô Amazonas, da Rede Calderaro de Comunicação deverá vencer o manda chuva da política baré (Amazonino Mendes).

Nem mesmo o apoio de 58 prefeitos dos 61 municípios do estado nesta reta final de campanha poderão salvar o velho comunista. Enquanto Amazonino conta com os prefeitos, Wilson Lima, já tem as lideranças políticas das cidades amazoneses e de acordo com as pesquisas o governador já foi ultrapassado pelo jornalista estreante na política, até no interior do estado.