Obras da Arena da Amazônia faz a segunda vítima fatal este ano - Fato Amazônico




Obras da Arena da Amazônia faz a segunda vítima fatal este ano

A Arena da Amazônia, fez na madrugada deste sábado a segunda vítima fatal. O operário Marcleudo de Melo Ferreira, de 20 anos, morreu após cair da altura de 40 metros nas obras do estádio de Manaus para a Copa do Mundo de 2014. Ele foi encaminhado para o Hospital 28 de Agosto, mas não resistiu ao ferimentos e morreu.

O acidente, levou Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP), a suspender as visitas ao local e as obras no estádio deverão ficar paralisadas até a segunda-feira.

De acordo com trabalhadores da obra, Marcleudo, trabalhava na instalação de proteção lateral dos refletores do estádio quando caiu e acabou entre as cadeiras.

De acordo com os operários do turno da madrugada que trabalhavam no local, o operário caiu em cima de uma cadeira, que ficou danificada, próximo ao escanteio no lado direito do estádio.

A vítima foi socorrido e levado ao ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Morte e ataque de abelhas

Esse é o segundo acidente com vítima fatal nas obras da Arena da Amazônia. Em maio deste ano, Raimundo Nonato Lima da Costa, de 49 anos, teria se desequilibrado e caído de uma altura estimada de cinco metros após tentar passar de uma coluna para o andaime.

Na última quarta-feira, seis trabalhadores foram atacados por abelhas no canteiro de obras da Arena da Amazônia.