Organização de Manaus durante a Copa do Mundo será exemplo para realização do evento em Qatar - Fato Amazônico

Organização de Manaus durante a Copa do Mundo será exemplo para realização do evento em Qatar

Manaus está recebendo a visita de membros do Conselho de Embaixadores Árabes. Nesta quarta-feira, 8, eles foram recebidos pelo prefeito em exercício, Wilker Barreto, e elogiaram o desempenho da cidade durante a Copa do Mundo. O encontro foi realizado no Centro Cultural Palácio Rio Branco, localizado na avenida Sete de Setembro, Centro. Quinze embaixadores, entre outros representantes do governo árabe, formam a comitiva que continuará na cidade até a próxima sexta-feira, 10.

Para Wilker Barreto, a realização, na capital, de partidas de futebol pelos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 vão alavancar o interesse de novos investidores internacionais no mercado local. “Eu vejo esse início de relação como uma boa chance de prosperidade nos negócios, uma vez que a Câmara de Comércio Árabe Brasileira tem uma imagem positiva da cidade, que foi sucesso como sede da Copa do Mundo e agora também ganhou o selo de Cidade Olímpica, consolidando ainda mais o nosso turismo e a nossa economia”, destacou.

Manaus é a primeira cidade visitada, este ano, pela delegação árabe que, além de buscar novas parcerias comerciais entre o Amazonas e os países árabes, quer conhecer as experiênciasvividas durante a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014TM.

Segundo o embaixador da Palestina, Ibrahim Alzeben, o decano do Conselho de Embaixadores Árabes, a ideia é que as ações realizadas aqui sirvam de exemplo nas preparações do Mundial de 2022, que acontecerá no Qatar. “Vamos conversar com as pessoas envolvidas nesse belíssimo projeto e transferir as informações ao senhor embaixador do Qatar, que não veio nesse encontro devido aproblemas de saúde. Sem dúvida que a experiência de Manaus será muito útil para nós”, afirmou.

“O nosso objetivo é aproximar os embaixadores dos estados brasileiros, começando por Manaus por causa da potencialidade que existe para o incremento dessas relações, seja de investimentos no comércio ou turismo. Temos visto o crescimento comercial entre o Brasil e os países árabes e queremos que o Amazonas se insira nesse contexto, tanto recebendo nossos empresários como levando novos negócios para o nosso mercado”, completou o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Marcelo Sallum.

Para o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, essa é uma demonstração de que a cidade está se consolidando como mercado promissor. “É o reconhecimento do trabalho árduo liderado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto. A cidade não apenas se transformou para o evento, mas para população, se tornando mais organizada e bonita. Tudo que foi feito durante pouco mais de dois anos mostra o cuidado que estamos tendo para tornar o turismo como um dos vetores de crescimento econômico de Manaus”, avaliou.

Uma coisa é certa, a primeira vista Manaus encantou os visitantes e futuros parceiros comerciais. “Uma cidade maravilhosa, realmente um paraíso que merece toda admiração. Acredito que a população deve ter muito orgulho de viver nessa cidade”, finalizou Ibrahim Alzeben.