O pai de Neymar discutiu e precisou ser separado para não brigar com o ex-jogador e ídolo do Manchester United Eric Cantona. Segundo a emissora francesa RMC Sport, os dois se estranharam após o término da partida entre Paris Saint Germain e Manchester United, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões.

O time inglês venceu fora de casa por 3 a 1 e eliminou o adversário pelo critério do gol fora de casa – no jogo de ida, a equipe de Paris bateu o rival por 2 a 0. Após o apito do árbitro, Cantona teria ido provocar o pai de Neymar que estava com um grupo de brasileiros.

Os dois discutiram e só não partiram para a briga porque foram separados. Cantona então foi embora e se dirigiu ao vestiário do United para comemorar a classificação. O ex-jogador tirou fotos com o técnico Ole Gunnar Solskjaer e postou no Twitter. Cantona, no entanto, não comentou sobre o entrevero com o brasileiro.

Neymar, que havia vindo ao Brasil para curtir o carnaval, também acompanhou a partida no estádio Parque dos Príncipes. Ele ficou nas tribunas junto com o pai, mas já não estava no momento da confusão. (esportefera.com.br)