O Palmeiras está a uma partida de igualar a maior sequência de invencibilidade da história do Campeonato Brasileiro por pontos corridos. Nesta quarta-feira (14/11), se não for derrotado pelo Fluminense em duelo marcado para às 21h45 (de Brasília), no Allianz Parque, o Verdão irá empatar com a série do rival Corinthians na edição 2017.

O Palestra está invicto há 18 confrontos no Brasileirão. O último revés aconteceu em 25 de julho, contra o próprio Tricolor carioca, no Maracanã, resultado que provocou a demissão do técnico Roger Machado. Desde que Luiz Felipe Scolari assumiu o comando da equipe, o Maior Campeão do Brasil não perdeu mais na competição.

“É bom falarem porque, daqui a pouco, nem valorizam tanto esse período tão longo sem perder. É fruto de grande trabalho de todos os envolvidos. Falta tão pouco. Que continue assim. Não tem de ser diferente. É lembrar de tudo e, dentro de campo, dar o máximo para nada nos atrapalhar, nenhuma ansiedade, e jogar o nosso futebol, como o professor pede, com muita intensidade e vontade”, afirmou o atacante Willian.

Como Segunda Academia, que ficou 26 duelos sem saber o que é perder na competição nacional.

“É importante, são números interessantes, mas o maior foco é fazer grande partida, vencer e manter distância independentemente do Flamengo e do Inter. É mais uma decisão. Que a gente vença e quebre esse tabu”, completou.

Em 1997, também sob o comando de Luiz Felipe Scolari, o Palmeiras ficou 18 compromissos sem perder, mas foram nove vitórias e nove empates. Agora, o aproveitamento é melhor, com 13 triunfos e cinco igualdades.

O Alviverde entra em campo com 67 pontos, cinco a mais que o vice-líder Internacional. Em caso de vitória nesta quarta-feira, o Palmeiras pode ser campeão já no próximo domingo, contra o Paraná em Londrina, caso vença novamente e Colorado e Flamengo tropecem em seus duelos.

(Gazeta Esportiva)