Para combater tráfico de drogas, ocupações irregulares ao lado do Viver Melhor terão patrulhamento da Cavalaria - Fato Amazônico


Para combater tráfico de drogas, ocupações irregulares ao lado do Viver Melhor terão patrulhamento da Cavalaria

As ocupações irregulares Monte Horeb e Paraíso Verde, localizadas ao lado do Residencial Viver Melhor, no bairro Santa Etelvina, zona norte de Manaus, passarão a contar com apoio de patrulhamento do Regimento de Polícia Montada da Polícia Militar, popularmente conhecido como Cavalaria. A medida é parte de ações que serão adotadas para combater o tráfico de drogas na região, afirma o vice-governador e secretário de Segurança, Bosco Saraiva, que nesta terça-feira (20/03) visitou o local, junto da cúpula da segurança do Estado.

A nova estratégia começa a ser empregada a partir desta quinta-feira (22/03). “Vamos utilizar nossa cavalaria aqui, permanentemente, para estabelecer a presença da polícia. Como foi uma área invadida, não há asfalto nem iluminação. É repleto de ladeiras íngremes que dificultam o acesso, especialmente, nesse período de muita chuva. Então vamos utilizar o que a gente tem para reforçar esse combate ao tráfico”, disse Bosco Saraiva.

Com ruas de barro e repleta de ladeiras, as duas ocupações dificultam o acesso das viaturas policiais. Nas principais vias, policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), responsável pela região, conseguem fazer o patrulhamento motorizado. Mas as ações são desenvolvidas, na maioria das vezes, em incursões a pé. Quatro viaturas fazem o patrulhamento da área e, a partir desta semana, o trabalho ganhará reforço equipes da Cavalaria para o patrulhamento em turnos alternados.

“Será um patrulhamento específico para essa região, por conta, da dificuldade do terreno. Por isso, utilizaremos os cavalos em trios que irão atuar nessa área”, destacou o comandante-geral da Polícia Militar, coronel David Brandão.

Na noite de segunda-feira (19/03), por volta das 23h45, policiais militares da 26ª Cicom efetuavam patrulhamento de rotina na Rua Topázio, quando avistaram um grupo em atitude suspeita. Um adolescente de 13 anos foi apreendido com 153 trouxinhas de drogas, entre óxi e cocaína. O jovem foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Apurações e Atos Infracionais (Deaai). Outras pessoas que estavam com ele correram para a área de mata e conseguiram fugir.

Como a polícia tem dificuldade de acesso às duas ocupações, por outro lado o local pode se tornar área fácil para o tráfico de drogas. O policiamento a cavalo terá acesso à essas áreas.