Para deputado José Ricardo, prisão de médica reflete a crise que a saúde vive no estado - Fato Amazônico

Para deputado José Ricardo, prisão de médica reflete a crise que a saúde vive no estado

A prisão da médica pediátrica Maria do Socorro Pereira, na última terça-feira à noite no Pronto-Socorro da Criança da Compensa na Zona Oeste de Manaus, noticiada pela imprensa local foi considerada pelo deputado José Ricardo (PT) reflexo da crise no atendimento da saúde no Estado.

O parlamentar ressaltou que o episódio mostra o estresse a que é submetido todos os dias tanto os profissionais da saúde quanto os pacientes e seus acompanhantes por conta da deficiência no quadro de pessoal nessa área ante a demanda da população.

“Com certeza situações semelhantes vem ocorrendo em outros hospitais. As pessoas estão perdendo a paciência porque tem poucos médicos, e as vezes os que tem negligenciam os pacientes e esse é o cenário da serviço de saúde que temos. Por isso, precisamos melhorar o atendimento na saúde , e isso passa por todos os funcionários que atendem ao público”, afirmou.

José Ricardo frisou também que por outro lado, devem ser apuradas as formas de abordagem e de enfrentamento utilizadas pela polícia em casos como este, uma vez que há outros mecanismos para solucionar conflitos. “O tratamento da polícia dado a essa médica apresenta indícios de abuso, porque prender um profissional da saúde no camburão como se fosse o pior dos bandidos da cidade foi uma atitude extrema. Portanto temos que verificar como a polícia deve se portar em determinadas situações”, acentuou o deputado afirmando que esse caso merece apurações.

Ele destacou ainda que o ocorrido demonstra a necessidade também de psicólogos nas unidades de saúde e nos distritos policiais para prestar apoio à população e aos profissionais das respectivas áreas.