Um Centro de Diagnóstico foi inaugurado ontem (31) no Hospital Delphina Rinaldi Abdel Aziz, na Zona Norte de Manaus. Com a nova estrutura de equipamentos de ponta destinados a exames de imagens na Rede Pública Estadual, a meta é atender mais de 18 mil pessoas todos os meses na unidade. O que se espera é a diminuição das filas de espera por esses serviços nas unidades com a nova oferta.

A unidade de saúde, que recebeu investimentos de R$ 10 milhões em equipamentos, entra em operação já nesta quarta-feira, 1º de fevereiro, atendendo, exclusivamente, pacientes com exames especializados e marcados através Sistema de Regulação (Sisreg) do Amazonas, com cerca de 900 atendimentos programados.

Entre as especialidades estão exames de Ultrassonografia, Raio X, Endoscopia, Digestiva, Mamografia, Tomografia, e Ressonância Magnética. O investimento para manter a operação total chaga a R$ 1,154 milhão.

Um dos diferenciais do novo Centro de Diagnóstico está na facilidade de acesso ao resultado dos exames. Por meio de um sistema integrado online, cada paciente receberá o resultado por e-mail, além de notificações no telefone celular. A entrega manual continuará sendo feita para pacientes sem acesso a esse tipo de tecnologia.

A previsão é que todo o hospital esteja em funcionamento até o final do ano, para aumentar a oferta de serviços como cirurgias eletivas gerais e ortopédicas.

Até o dia 1º de março devem começar a ser feitas cirurgias de hérnia e de vesícula. Daqui a 90 dias, a previsão é iniciar cirurgias neurológicas.

Em pleno funcionamento, a meta é que o hospital conte com 340 leitos, sendo 40 de UTIs, dez deles infantis, um parque de exames e 11 centros cirúrgicos. A unidade ainda deve ser preparada para procedimentos de neurocirurgia e transplantes de rim e fígado.