Pedreiro é morto a tiro ao tentar evitar roubo de bolsa de sua esposa - Fato Amazônico

Pedreiro é morto a tiro ao tentar evitar roubo de bolsa de sua esposa

O pedreiro Diego Tavares Cardoso, 26 anos, morreu no último sábado (9) por volta das 21h30, na rua 13 de Maio, nas proximidades da Escola Municipal Ana Sena Rodrigues, comunidade América do Sul, bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte de Manaus. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte).

De acordo com policiais a vítima teria ido deixar a esposa Maria de Fátima em uma parada de ônibus, quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e tentaram roubar a bolsa de sua mulher. Diego conversava com um colega de trabalho, quando percebeu a ação dos homens e decidiu ver o que estava e acabou sendo morto com um tiro no tórax.

Ferido ele levado por populares ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Galiléia, mas devido à gravidade do ferimento foi encaminhado para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus, mas não resistiu qo ferimento e morreu.