Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Henrique Brasil, titular do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou na manhã da sexta-feira (04/05), durante coletiva de imprensa realizada às 10h, no prédio da unidade policial, sobre as prisões, em flagrante, de Breno Martins da Cunha, 21; Kedson Ferreira de Lima, 20, e do guardador de carros Mauro Xavier Costa, 27, com um revólver calibre 38 e munições.

De acordo com a autoridade policial, o trio planejava roubar uma casa lotérica no bairro Centro, zona sul de Manaus. Henrique Brasil explicou que a equipe do 12º DIP chegou até os infratores após receber delações, feitas ao número (92) 99962-4480, o disque-denúncia da unidade policial, informando as características de Kedson e Mauro, que estavam usando um veículo da montadora Volkswagen, modelo Voyage, de cor preta e placas NOV-2136, para cometer roubos na zona centro-sul da cidade.

Kedson e Mauro foram presos no início da noite de quinta-feira (03/05), por volta das 18h30, em via pública, na avenida Torquato Tapajós, bairro Flores, zona centro-sul da capital. Já Breno foi preso horas depois, por volta das 19h, em uma casa situada na rua Raul de Leony, bairro Japiim, zona sul da capital. 

“Durante as diligências na tarde de quinta-feira (3/5), por volta das 18h, avistamos o veículo mencionado na denúncia. No momento da abordagem prendemos Kedson e Mauro. Durante revista no interior do automóvel encontramos quatro munições de calibre 38. No prédio do 12º DIP eles indicaram o endereço de Breno, que estava em posse da arma de fogo que seria usada nos roubos. Nos deslocamos até o imóvel e efetuamos a prisão do infrator, que estava em posse de um revólver calibre 38 com a numeração suprimida”, declarou o delegado.

Planejamento do crime- Ao longo da coletiva de imprensa o delegado informou que o trio estava planejando roubar uma casa lotérica no bairro Centro, zona sul de Manaus. No aparelho celular de Kedson foram encontradas conversas, em um aplicativo de mensagens instantâneas, relatando como era a estrutura do lugar.

“Eles desenharam um mapa e definiram uma estratégia de como entrar no local sem chamar a atenção de pedestres. Mauro, que trabalha como guardador de carros, estava observando a movimentação de pessoas na loteria e nas proximidades. A ideia do trio era subtrair, aproximadamente, R$ 300 mil”, relatou a autoridade policial.

Reincidentes – Henrique Brasil disse os infratores já possuem passagem pela polícia. Breno e Mauro por tráfico de drogas. Mauro responde, ainda, junto com Kedson, por roubo. Eles estavam respondendo pelos delitos em liberdade.

Flagrante: Breno, Kedson e Mauro foram autuados em flagrante por associação criminosa. Kedson e Breno irão responder, também, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. O carro usado pelos infratores foi apreendido e está no pátio da delegacia. Ao término dos procedimentos cabíveis no 12º DIP, os infratores serão levados para Audiência de Custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, zona sul de Manaus.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •