Igor Costa Lacerda, 18, e Patrick Silva de Araújo, 24.

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando dos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, respectivamente titular e adjunto da unidade policial, cumpriu na manhã da última sexta-feira (22/2), por volta das 10h, mandado de prisão preventiva por tentativa de latrocínio em nome de Igor Costa Lacerda, 18, e Patrick Silva de Araújo, 24.

Os presos foram apresentados durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira (25/2). De acordo com o titular da Derfd, a tentativa de latrocínio ocorreu no dia 25 de janeiro deste ano, na casa da vítima, um comerciante de 40 anos, no bairro Lírio do Vale, zona oeste da capital. Na ocasião, Igor, Patrick e outros três infratores invadiram a residência, amarraram o comerciante e os familiares dele. Patrick desferiu, ainda, golpes de tesoura no homem, em uma tentativa de forçar a vítima a entregar objetos de valor aos infratores.  

“No dia do crime os infratores subtraíram do local televisores, aparelhos celulares, aproximadamente R$ 1,6 mil em espécie, além de uma motocicleta da montadora Honda, modelo Bros 160. Durante as investigações em torno do caso, descobrimos que a ordem do delito veio de dentro de um presídio e que Huan Mendonça de Lima, conhecido como “Ninja”, que está foragido, foi contratado para recrutar os infratores, incluindo um adolescente de 17 anos. Ao todo, oito elementos praticaram o crime. Ressalto que apenas Huan continua foragido”, explicou Torres.

De acordo com Demetrius Queiroz, os mandantes do crime foram Ângelo Augusto Tavares Pantoja, 24, e Eduardo Silva da Mota, 20, que cumprem pena no sistema penitenciário da capital. Segundo o adjunto da Derfd, no dia 2 de fevereiro deste ano foram presos também, por envolvimento no delito, Rodrigo da Silva Costa, 22, e Gabriel Glydson Oliveira dos Santos, 23. Além disso, o adolescente de 17 anos foi ouvido e encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

“A partir da expedição dos mandados, realizamos diligências para capturar os envolvidos. Logramos êxito na prisão de Igor na residência dele, situada na rua Florestal, bairro Lírio do Vale, zona oeste de Manaus. Ciente da prisão do parceiro, Patrick veio até a delegacia naquele mesmo dia se entregar, foi quando cumprimos a ordem judicial em nome dele. Em depoimento, Igor afirmou que aceitou participar do crime como forma de pagar uma dívida com um dos envolvidos”, pontuou Queiroz.

A ordem judicial por latrocínio tentado em nome dos infratores foi expedida no dia 14 de fevereiro deste ano, pelo juiz Genesino Braga Neto, da 10ª Vara Criminal. Demetrius Queiroz destacou que qualquer informação sobre a localização de Huan pode ser repassada pela população ao número (92) 99148-5290, o disque-denúncia da unidade policial. “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu.

Indiciados – Igor e Patrick foram indiciados por latrocínio tentado. Ao término dos procedimentos cabíveis, eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde deverão ficar à disposição da Justiça.