Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe do Departamento de Polícia do Interior (DPI) da instituição, sob o comando do diretor do departamento, delegado Mateus Moreira, prendeu, em flagrante, Francisco Robson Martins Matos, 29, e Jailson Azevedo Pedroso, 25, conhecido como “Gordinho”, por tentativa de roubo ocorrida na madrugada deste sábado, no quilômetro 911 da rodovia federal BR-174, zona rural da capital.

Durante os trabalhos, foi apreendida uma motocicleta e uma arma de fogo contendo uma munição intacta. A dupla foi apresentada durante coletiva de imprensa realizada na tarde de hoje, às 13h30, no prédio do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na zona oeste da cidade.

De acordo com Moreira, policiais civis lotados no DPI estavam voltando para Manaus, após deflagrarem operação policial em Presidente Figueiredo, quando colidiram a viatura em uma motocicleta, de cor vermelha, posicionada no meio da rodovia, momento em que avistaram Francisco pedindo ajuda. Após a colisão, foi constatado que o homem estava na via com o intuito de roubar pessoas que parassem para ajudá-lo.

“Nos deparamos com uma motocicleta no meio da rodovia. Não houve como desviarmos, o que ocasionou a colisão, causando um grande risco a vida de todos que estavam no carro. Após pararmos o veículo, averiguamos a situação e constatamos que Francisco estava embriagado e não possuía escoriações pelo corpo e que a moto parecia ter sido posicionada na via. Após ser questionado, o homem confessou que havia manipulado a cena, com o intuito de praticar roubos a quem parasse para ajudá-lo”, explicou Mateus Moreira.

O diretor do DPI informou que Francisco e alegou que estava acompanhado de dois comparsas e indicou, ainda, a localização da residência de “Gordinho”, situada no Ramal Boa Vida, também naquela rodovia.

Por volta das 6h, os policiais civis se deslocaram até o endereço indicado, momento em que Jailson tentou empreender fuga do local, porém foi detido pela equipe. Durante revista na casa de “Gordinho”, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 28 com cartucho que possuía marcas de tentativas de disparos.

Passagens pela polícia – Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), Francisco possui duas passagens pela polícia por roubo. Jailson tem uma passagem pela polícia também por roubo.

Continuação das investigações – O delegados Mateus Moreira destacou que as investigações em torno do caso irão continuar para tentar identificar e prender o terceiro envolvido no delito. Durante a coletiva Moreira informou que crimes com esse modo de operação não são comuns e reforçou a importância do registro do Boletim de Ocorrência (BO). “É essencial o registro da ocorrência para que a Polícia Civil tome conhecimento de fato criminoso para que se inicie as investigações e, assim, chegar a autoria do fato e leva-lo para o Poder Judiciário onde irá responder pelos atos praticados”, ressaltou o diretor do DPI.

Flagrante – A dupla foi autuada em flagrante por roubo tentado. Francisco também irá responder por condução de veículo sob efeito de substância alcoólica, e Jailson irá responder por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •