A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando dos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, respectivamente titular e adjunto da unidade policial, prendeu, em flagrante, na tarde de quinta-feira (21/02), por volta das 17h,Paulo Kevson Gonçalves Damasceno, 25.

Ele é acusado do latrocínio ocorrido naquele mesmo dia, na rua 24 de Maio, no bairro Centro, zona sul da capital. A vítima, Silas de Jesus da Silva, tinha 32 anos.

O preso foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (22/02), às 9h30, no prédio da Delegacia Geral. Na ocasião, o delegado-geral da Polícia Civil do Estado, Lázaro Ramos, e os delegados titular e adjunto da Derfd falaram sobre as diligências em torno do caso.

“Esse é mais um resultado do trabalho realizado pela Polícia Civil do Amazonas, que tem atuado incansavelmente na repressão de crimes ocorridos na capital e no interior do Estado”, destacou Ramos.

Crime ocorreu de madrugada – De acordo com Guilherme Torres, o latrocínio ocorreu na madrugada de quinta-feira (21/02), por volta das 5h, nas proximidades de um bar no endereço supracitado. A ação criminosa foi registrada por câmeras de segurança instaladas próximas ao local.

“A vítima estava no estabelecimento comercial na companhia de amigos e Paulo, de longe, estava observando o grupo. No momento em que Silas deixou o local, o infrator o seguiu. Logo em seguida, Paulo abordou a vítima e desferiu uma facada nas costas dela. Silas ainda tentou se defender, mas acabou sendo atingindo por mais dois golpes de faca e não resistiu aos ferimentos”, relatou Torres.

Fuga – Conforme o delegado adjunto da Derfd, o infrator declarou, em depoimento, que fugiu sem levar os pertences da vítima porque ficou assustado ao avistar uma viatura da Polícia Militar no local. De acordo com a autoridade policial, um dos amigos de Silas teve o celular furtado ainda no bar, por uma mulher que se aproximou da mesa onde o grupo estava. Demetrius Queiroz ressaltou que diligências estão sendo realizadas para identificar a autora do furto, para que ela possa responder criminalmente pelo delito cometido.  

“Efetuamos a prisão de Paulo naquele mesmo dia, por volta das 17h, nas proximidades do lugar onde ele cometeu o delito, mais precisamente na avenida Eduardo Ribeiro, bairro Centro, zona sul da capital. O indivíduo cumpre pena em regime semiaberto, por crime de furto praticado em outra ocasião”, disse Queiroz.  

LATROCÍNIO: Marítimo é assassinado a facadas durante assalto no Centro de Manaus