Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Keven dos Santos Mota, 21, acusado de lesão corporal foi preso preventivamente por policiais do 26º Distrito Integrado de Polícia. Ele foi preso na casa onde morava, situada em um conjunto habitacional na rua Raio de Luz, bairro Lago Azul, Zona Zorte de Manaus.

O delegado Paulo Benelli informou que uma denúncia levou os policiais do 26° DIP a Keven dos Santos, que era foragido da Justiça.

“Após a delação, consultamos o site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) e constatamos, em aberto, mandado de prisão em nome de Keven. Em razão disso, nos dirigimos ao local informado na denúncia para cumprirmos a ordem judicial”, relatou Benelli.

O mandado foi expedido no dia 25 de maio deste ano, pela juíza Ana Lorena Teixeira Gazzineo, da 1ª Vara de Violência Doméstica. Segundo o delegado, o infrator estava sendo procurado por ter agredido a própria companheira no dia 14 de agosto de 2017. Na época, a vítima recebeu atendimento na Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM).

“No dia 22 de agosto de 2017, a vítima compareceu novamente à delegacia para comunicar que Keven, mesmo ciente de medida protetiva em benefício dela, teria ido até a casa da então mulher quando ela saía para o trabalho. Em seguida, ele a teria obrigado a entrar no imóvel e a arrastou até um dos cômodos, onde agrediu novamente a mulher, atingida com socos na região abdominal. O mais agravante desta situação é que ela estava grávida”, declarou Benelli. 

Keven foi indiciado por lesão corporal no âmbito doméstico. Após os procedimentos cabíveis na unidade policial, ele seráconduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irá ficar à disposição da Justiça.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •