Policiais do Fera já prenderam 14 acusados de tentarem invadir a Delegacia de Iranduba para resgatar preso - Fato Amazônico

Policiais do Fera já prenderam 14 acusados de tentarem invadir a Delegacia de Iranduba para resgatar preso

Policiais civis do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) já prenderam 14 pessoas acusadas de na madrugada da última sexta-feira tentarem invadir a 31ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada no município de Iranduba, distante 27 km em linha reta de Manaus, para resgatar Bruno Oliveira da Silva, 22, e matar Carlos Augusto dos Santos Amorim, 24, o “Calabresa” presos em uma das celas da unidade policial.

De acordo com informações do delegado Elcy Barroso os suspeitos vão ser ouvidos para verificar qual o grau de envolvimento deles no delito. “Iniciamos as oitivas com todos os suspeitos. Das 14 pessoas que estão aqui, quatro são adolescentes que foram trazidas à delegacia e irão prestar esclarecimentos na presença dos pais.

Barroso destacou que as equipes de investigadores, com o apoio da polícia militar de Iranduba, continuam em diligências para tentar encontrar o chefe do grupo identificado apenas como “Sandro”.

Durante as averiguações, os policias foram à casa de “Sandro”, localizada na rua Aripuanã, no bairro Alto, porém quando a polícia chegou ao lugar ele já havia fugido. Lá os policiais prenderam Franciele Silva e Silva, 22, companheira de “Sandro”, e apreendeu o irmão dela, um adolescente de 17 anos. No local foi encontrada uma pistola PT 840 de uso exclusivo da polícia militar, uma porção grande e uma pequena de substância entorpecente com aparência de oxi em pedra, além de material para refino da droga.

Nas diligências ainda durante a madrugada, os policiais militares prenderam Zandon Lima da Silva, 18, e apreenderam um adolescente de 17 anos, em via pública com três porções de substância entorpecente com aspecto de pasta base de cocaína. Zandon e Franciele foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Os adolescentes serão encaminhados ao Promotor da Vara da Infância e Juventude do município de Iranduba.

“A Polícia Civil já solicitou ao Fórum da comarca do município de Iranduba a transferência de 20 detentos para Manaus. Agora, aguardamos o pedido ser deferido para realizar o deslocamento deles para a capital”, ressaltou o delegado Antônio Chicre Neto, o diretor do Departamento de Polícia do Interior.