Policial Militar da Força Tática, acusado de assalto se apresenta no 3º Distrito - Fato Amazônico


Policial Militar da Força Tática, acusado de assalto se apresenta no 3º Distrito

O soldado da Polícia Militar do Amazonas Antônio Alves Machado neto, 31 anos, lotado na Força Tática, se apresentou espontaneamente, nesta segunda feira, às 14h, no 3º Distrito Integrado de Polícia. Ele é acusado de participar de um assalto na madrugada do dia 13 de dezembro do ano passado nas proximidades do Condomínio Eliza Miranda, no Distrito Industrial Zona Sul de Manaus.

De acordo o depoimento das testemunhas, um casal de colombianos foi parado por um policial militar fardado, numa suposta britz, as vítimas foram ameaçadas de morte peloPM, que armado com uma pistola PT40, ameaçou atirar na cabeça da vítima caso o seu marido não lhe desse o dinheiro que estava dentro do bolso.

O PM, teria roubado a quantia de R$ 1.200, e queria mais, acontece que uma das vítimas saiu correndo do veículo pedindo socorro, deixando o policial, assustado que saiu em disparada do local com outro comparsa que dirigia o veículo.


Joalisson Costa Santos, foi preso em flagrante e reconhecido pelas vítimas no 3ª DIP

Policiais do 3º DIP, foram até o endereço do proprietário do veículo, um Celta, de cor preta e placas JXY-9390, e encontraram Joalisson Costa Santos, 30 anos, que foi reconhecido pelas vítimas e confessou o crime.

Dentro do veículo os Investigadores encontraram diversos fardamentos da polícia militar, que segundo Joalisson, foi usado durante o roubo e haviam sido esquecidos pelo seu comparsa o solado Machado Neto, lotado na Força Tática.

O delegado Guilherme Antoniazzi, plantonista do 3º DIP, informou que a prisão preventiva do acusado foi solicitada desde o dia 13 de dezembro, inclusive tendo o Ministério Público Estadual emitido parecer favorável, mas a juíza da 6ª Vara Criminal ainda não havia despachado o pedido, por isso o PM, depois da apresentação foi liberado, mas indiciado por roubo.