O prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante(PROS), esteve em Manaus ao longo desta semana onde cumpriu agenda positiva em diferentes órgão públicos visando a melhoria e a qualidade de vida do povo do município.

Os resultados foram imediatos e já neste sábado, 28, no auditório da Grande Loja Maçônica do Amazonas (Glomam), localizada na rua 20 de Dezembro, centro, na presença do prefeito, do deputado Silas Câmara e de outras autoridades, o gerente-executivo do INSS, Clizares Doalcei Silva de Santana, anunciou o pagamento de 1032 benefícios aos pescadores do muncípio.

O auditório da loja maçônica estava lotado de pescadores – homens e mulheres – no momento em que Clizares garantiu o pagamento já no mês de fevereiro da primeira e da segunda parcela do Seguro-Defeso.

E como não podia ser diferente, o auditório da Glomam foi tomado por uma atmosfera de entusiasmo.

O pagamento das duas parcelas, conforme observou Andreson Cavalcante, representam uma geração de renda de quase R$ 2 milhões que circularão no município.

O benefício previdenciário é concedido pelo governo durante o período de proibição da pesca. No Amazonas, o defeso começa no dia 15 de novembro e termina no dia de março.

O pagamento do seguro-defeso, interrompido pela portaria n° 192, do Ministério da Agricultura, foi restabelecido em 2015 por Projeto de Decreto Legislativo de autoria do deputado Silas Câmara, aprovado pelo Congresso Nacional.

O superintendente da Funasa, Wenderson de Souza Monteiro, também, esteve no auditório da loja maçônica e declarou que a parceria com o prefeito de Autazes está formada a partir do termo de cooperação técnica que, entre outras questões, se propõe implantar o plano municipal de resíduos sólidos no município.

O asfaltamento dos ramais do Rosarinho, Açupunanga, Marechal Rondon e Jatua, resultado da agenda positiva do prefeito com o governador do estado, foi recebido com grande entusiasmo pelos presentes.

No final do encontro, Andreson Cavalcante e visitantes percorreram várias órgãos do município e encontraram várias máquinas no pátio da Secretaria de obras totalmente sucateadas, sem as menores condições de recuperação.