Prefeito de São Gabriel que é do PT, abandona candidatos da sigla e pede votos para Amazonino - Fato Amazônico

Prefeito de São Gabriel que é do PT, abandona candidatos da sigla e pede votos para Amazonino

O Partido dos Trabalhadores que tem como candidato ao governo do estado do Amazonas na eleição suplementar dia 6 de agosto (primeiro turno) os deputados estaduais José Ricardo e Sinésio Campos, ambos do PT, pelo ocorrido ontem (28) em São Gabriel da Cachoeira (a 852 quilômetros de Manaus), onde o prefeito de São Gabriel da Cachoeira, Clóvis Corubão, que é do PT, abandonou os candidatos da sigla e foi para as ruas do município do Alto Rio Negro pedir votos para Amazonino Mendes.

Corubão reuniu todos os  os 13 vereadores da Câmara do município e foram para as ruas de São Gabriel acompanhar a “Caravana do 12” comandada não por Amazonino, mas pelo deputado federal Pauderney Avelino.

“Passei dias pensando em quem iria apoiar. Perguntei dos vereadores. Decidi apoiar o Amazonino pelas comunidades mais isoladas, distantes, e pela cidade. Pensamos numa pessoa que gere economia, renda no município”, disse o prefeito, afirmando que a decisão se deu em prol do desenvolvimento da cidade.

De acordo com o prefeito São Gabriel foi penalizada nos últimos anos com a falta de recurso e parceria entre governo e município. “O governo municipal precisa caminhar junto ao Estado. E com ele, nós temos a parceria. São Gabriel já sofreu demais por conta da política. Eu vejo a esperança e ela chega no dia 6 de agosto, com o nosso governador Amazonino. Eu quero o melhor para a cidade e alguém que vai incentivar a mineração na cidade com responsabilidade”, destacou.

Mas não é apenas o prefeito que é do PT que abandonou a candidatura de José Ricardo e Sinésio Campos, o presidente da Câmara Municipal, vereador Alex Gonçalves  que também é do Partido dos Trabalhadores também decidiu marchar com Amazonino Mendes.

‘Caravana do 12’

Na cidade, a “Caravana do 12” foi comandada pelo deputado federal Pauderney Avelino e os deputados estaduais Sidney Leite (Pros) e Dermilson Chagas (PEN). Este enfatizou que Amazonino foi o político que mais governou para o interior do Estado. Para ele, somente Amazonino é capaz acabar com a sensação de abandono dos municípios.

“Não há outra alternativa a não ser colocar o homem que mais olhou para os seus irmãos do interior. O homem, que com amor, levou a oportunidade ao caboclo, seja nos estudos, na agricultura ou no desenvolvimento da região”, disse.