Foto: Mário Oliveira

Com o avanço do Plano de Obras de Verão em vários pontos de Manaus, o prefeito Arthur Virgílio Neto, mais uma vez, vistoriou os serviços que acontecem no período da noite. Na terça-feira, 30/10, ele esteve na rua Cecília Meireles, onde os trabalhos de construção de uma nova ponte, interligando as avenidas Coronel Teixeira e Turismo, estão em fase se conclusão.

São 1,9 mil metros de extensão que recebem recapeamento asfáltico, após toda a estrutura da ponte ter sido modernizada. A previsão é de que a obra completa seja concluída na segunda semana de novembro, já com a sinalização da via.

“Novamente encerro meu expediente visitando nossas obras que seguem pela noite, porque os trabalhos não param. Vim até a rua Cecília Meireles, importante ligação entre a estrada da Ponta Negra e a avenida do Turismo. Além de todo o asfaltamento, também estão  sendo construídos calçada e meio-fio, seguindo o padrão que imprimimos em toda a cidade”, disse o prefeito.

Arthur destacou, ainda, a qualidade da nova ponte que substituiu uma antiga estrutura e que apresentava risco de desabamento, devido aos constantes transbordamentos em dias de fortes chuvas. “Essa nova ponte é mais uma que construímos com estrutura robusta e moderna, garantindo a durabilidade da obra”, enfatizou.

O secretário municipal de Infraestrutura (Seminf), Kelton Aguiar, acompanhou o prefeito durante a visita de inspeção e explicou que outras frentes de trabalho das Obras de Verão se encontram em processo de finalização.

“São quase dois quilômetros que tiveram sua base asfáltica antiga arrancada e trocada por um material mais resistente, ou seja, asfaltamento de qualidade, seguindo o padrão trazido pela gestão do prefeito Arthur”, destacou o secretário.

Nova ponte

Para acabar com os constantes problemas de transbordamento no local, a Seminf retirou toda a estrutura da ponte antiga. Na sequência, foi feita uma nova rede de drenagem com aduelas em concreto de três metros, sustentadas por uma espessa camada de pedra rachão.

Para garantir a durabilidade e resistência, a nova estrutura possui 12 metros de comprimento, 5,5 metros de largura e mais de 20 centímetros de concreto de espessura. No leito do igarapé também foi implantado um novo rip-rap.