Prefeitura de Parintins libera junto ao IPAAM extração de terra para recobrir os resíduos sólidos no aterro controlado - Fato Amazônico




Prefeitura de Parintins libera junto ao IPAAM extração de terra para recobrir os resíduos sólidos no aterro controlado

O município de Parintins conseguiu junto do Instituto de Proteção Ambiental da Amazônia (IPAAM), a liberação de uma área para extração de terra que será utilizada para recobrir os resíduos sólidos no aterro controlado de Parintins.

De acordo com a secretária de limpeza pública, Fabiana Campelo, a Prefeitura Municipal de não poderia extrair o barro de forma ilegal, por isso foi necessário esperar a liberação do órgão ambiental.

Nesse período os dejetos foram recobertos com galhadas e restos vegetais, o que legalmente pode substituir o recobrimento com terra. Fabiana destaca que outros serviços, como descarte correto de resíduos hospitalares, dreno e queima de gases, operação em vala séptica, uso de camadas de cal virgem e compactação dos materiais ocorreram normalmente.

“Não tínhamos como recobrir com barro, devido a inexistência de licenciamento ambiental do proprietário, o que foi solucionado. O prefeito Alexandre da Carbrás foi muito importante neste processo. Ele conseguiu movimentar uma força tarefa junto ao Governo do Estado para que resolvêssemos isso o mais rápido possível”, explica a secretária.