Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Para auxiliar no diagnóstico precoce de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) como HIV, sífilis e as hepatites, a Prefeitura de Manaus disponibiliza, gratuitamente, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), testes rápidos em 147 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Maternidade Moura Tapajóz, neste caso, especificamente para o público interno, mulheres e mães. Os resultados são liberados, em média, uma hora após a realização do teste. Os endereços das unidades estão disponíveis no link http://bit.ly/2IC8YTc

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destaca que o combate a essas doenças está na prevenção e no diagnóstico precoce. “A ampliação do acesso da população às ações de promoção da saúde e detecção precoce das principais Infecções Sexualmente Transmissíveis, em locais estratégicos ou de difícil acesso, é uma das marcas da gestão. Desde 2013, a Semsa vem aumentando a oferta desses testes, inclusive em dias e horários alternativos ao funcionamento das Unidades Básicas de Saúde”, lembra Magaldi.

Além disso, há quase um ano a Semsa disponibiliza uma Unidade Móvel de Aconselhamento e Testagem Rápida para HIV, Sífilis e Hepatites, um micro-ônibus adaptado, com ambiente interno climatizado e espaços para realização das atividades de aconselhamento pré-teste, testagem e aconselhamento pós-teste e, ainda, atividades de mobilização social e educação em saúde.

Os testes são ofertados para todos os públicos. Menores de 18 anos devem ser acompanhados pelos pais ou responsáveis. Para a realização da testagem nas UBSs, é necessário agendar o atendimento. No caso das unidades de horário ampliado, o critério é a ordem de chegada.

Além da transmissão através do contato sexual com a pessoa infectada sem o uso do preservativo, no caso do HIV existem outras formas de contágio: contato direto com sangue contaminado por meio de seringas, agulhas e transfusões sanguíneas ou da mãe infectada com o vírus para o filho durante a gravidez, o parto e aleitamento.

Nos casos positivos, pacientes diagnosticados com HIV são encaminhados para um dos Serviços de Atenção Especializada (SAE); os pacientes com hepatite são encaminhados para a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado e, os pacientes com sífilis podem ser tratados diretamente na UBSs. Localização dos SAEs no link http://bit.ly/2IC9wIK


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •