Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

São Paulo, SP… [ASN] O presidente mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia, pastor Ted Wilson, e os líderes da Igreja Adventista na América do Sul e no Estado de São Paulo estiveram na noite da última terça-feira, 19 de novembro, no Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus São Paulo (Unasp-SP), para o lançamento oficial no continente sul americano do filme A Criação: a Terra é testemunha. Em março deste ano, a TV Novo Tempo o incluiu em sua programação e ele agora está disponível em DVD para toda a América do Sul. O culto especial que ocorreu no templo do campus marcou também o segundo evento em comemoração aos 100 anos do Unasp-SP. Mais de duas mil pessoas estiveram presentes na celebração, público proveniente de diferentes regiões da capital paulista.

Para o presidente da Igreja Adventista, Ted Wilson, a divulgação deste filme é importante não apenas para os membros, mas para toda a população mundial. “Todos precisam saber que Deus é nosso criador e que realmente criou tudo em seis dias literais e manteve o ciclo semanal intacto. O que explica e define a questão do sábado. Isso nos informa bastante sobre quem nós somos, pessoas, criaturas e filhos de Deus”, disse.

O pastor Erton Köhler, presidente da Igreja Adventista para oito países da América do Sul, concorda com o líder mundial e acrescenta que a ênfase criacionista é uma das mensagens fundamentais da Bíblia e, naturalmente, da Igreja. “Toda a nossa mensagem da segunda vinda de Cristo está construída em cima da mensagem do início do mundo, do criacionismo. No momento em que nós resgatamos essa mensagem, que está sob ataque, nós estamos fortalecendo nossa mensagem principal sobre a volta de Jesus, pois cremos que não haverá recriação se não houve criação. Há uma relação muito direta entre o que aconteceu no começo e o que vai acontecer no final. O que vemos hoje é que o inimigo não está atacando o final, mas o começo, pois ele sabe que se destruir o começo automaticamente está destruindo o final”, enfatizou.

O filme surgiu no coração do produtor Henry Stober, o qual dedicou cinco anos de sua vida viajando pelos continentes para capturar as imagens que hoje fazem parte da obra. A versão inicial do vídeo era um longa-metragem de 85 minutos com uma trilha sonora feita por sintetizador. Quando foi apresentado aos líderes mundiais da Igreja Adventista, houve a ideia de melhorar a trilha sonora e então uma nova composição foi gravada pela Orquestra Filarmônica de Praga, explicou Williams Costa Júnior, diretor mundial de Comunicação da Igreja Adventista.

No ano passado a Orquestra Sinfônica Jovem do Unasp-SP interpretou ao vivo essas mesmas melodias durante o projeto de lançamento oficial do filme que aconteceu na sede mundial da instituição, nos Estados Unidos. “Nós temos um tributo de gratidão muito grande pela Orquestra do Unasp-SP e, como um ato de retribuição, estamos voltando aqui para o lançamento oficial em toda a América do Sul”, considerou Costa Júnior.

Hoje, o filme A Criação já está disponível em 22 línguas. No mês de outubro houve o Creation Tour Áustria, a maior campanha e iniciativa evangelística de todos os tempos na Áustria, com 10 apresentações do material e a presença de milhares de pessoas interessadas. O mesmo já aconteceu na Espanha, Holanda, Alemanha e Suíça. Nos EUA, a obra já foi veiculado em diferentes regiões do país. Stober diz estar muito feliz com a divulgação desse trabalho. “Para mim é maravilhoso ver a realização deste filme e sua apresentação ao redor do mundo. Enquanto acontecia nossa viagem pela Europa, na Áustria, por exemplo, fomos informados que seis mil pessoas viram o filme e agora ao estar viajando pelo Brasil, aqui em São Paulo, assistindo outra vez a apresentação, tenho certeza que as pessoas estão sendo sensibilizadas, impressionadas”, afirmou. “Isso levanta o meu ânimo, me gratifica, me deixa muito feliz, pois posso contribuir para Jesus voltar brevemente.”

A Criação: a Terra é testemunha faz parte de uma grande ação da Igreja Adventista para compartilhar a mensagem bíblica em todo o mundo através da reafirmação da crença na descrição da criação conforme encontrada na Bíblia. Além do filme, há um livro, uma exposição e uma série de iniciativas que existem para que as pessoas creiam que Deus é o criador de todas as coisas.

Distribuição no Brasil

Grande parte das 300 mil cópias do DVD A Criação: a Terra é testemunha destinadas à América do Sul será distribuída através da rede de Educação Adventista. “Nós resolvemos ir um pouco além: presentear os nossos alunos com esse material, além de ter um projeto pedagógico que será trabalhado em cada unidade escolar sobre esse tema”, afirmou Edgar Luz líder da Educação Adventista para oito países sul-americanos.

As questões relacionadas às origens da Terra estão presentes na sala de aula e nas pesquisas científicas. Por essa razão, os estudantes do curso de Ciências Biológicas do Unasp-SP foram especialmente convidados para assistirem ao lançamento do filme.

“Em meio à rotina de estudos das diversas áreas biológicas, estudando sua complexidade, só me faz acreditar mais e mais que fomos criados por um ser superior, Deus, e não por um simples acaso. Entendo que o filme contribui mais ainda com a teoria criacionista, da qual eu também acredito. Mostrando de forma clara, objetiva o processo da criação, em que todos, qualquer pessoa, possa compreender”, considerou a universitária Marina de Paula, que se prepara para ser licenciada e bacharel em Biologia.

Segundo o coordenador do curso de Ciências Biológicas do Unasp-SP, Antenor Santos, existem não apenas alunos criacionistas, mas também evolucionistas no curso. Ele acredita que para ambos foi significativo terem tido acesso ao filme. “Nossa posição, enquanto criacionista, não é o embate, e sim mostrar um Deus de amor, um Deus pessoal, que se preocupa com o próximo, que se preocupa com o outro e quer dar paz e alegria. Que tem um lugar muito especial ao lado dele e que logo virá nos buscar para morarmos eternamente com ele”, enfatizou.

Além das escolas, as igrejas terão sua missão a desempenhar dentro desse plano. “Nós queremos divulgar que Deus é o Criador, que Deus é o mantenedor e que Deus é o nosso salvador e nós temos que dizer isso para as pessoas através da igreja, da rede educacional e de toda a infraestrutura que a Igreja tem. Queremos alcançar as grandes e pequenas escolas e as grandes e pequenas igrejas”, ressaltou o pastor Domingos de Souza, líder da Igreja Adventista no Estado de São Paulo.

Ao final do culto, o pastor Ted Wilson, acompanhado pelo grupo de pastores, ministrou a oração de dedicação dos DVDs que serão entregues em toda a América do Sul. [Equipe ASN, Murilo Pereira e Rosemeire Braga]


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •