Presos aproveitam apagão em Manacapuru e fazem rebelião no presídio - Fato Amazônico

Presos aproveitam apagão em Manacapuru e fazem rebelião no presídio

Manacapuru – Os mais de 100 detentos da Unidade Prisional Ataliba David Antônio, de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), aproveitaram o apagão ocorrido na cidade por volta de 1h da madrugada, desta segunda-feira para realizarem uma rebelião. Os presos quebraram o banheiro e danificaram portões e celas, para terminar o motim eles exigiam que um motor de luz fosse instalado no presídio.

Policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (ROCAM) e do 9º Batalhão de Policia Militar, de Manacapuru, foram acionados e conseguiram acabar com a rebelião ainda na madrugada.

No final da rebelião, uma revista foi realizada na unidade prisional e os policiais apreenderam cerca de 8 estoques (armas confeccionadas por presos) e 10 aparelhos de celulares.

Do lado de fora da unidade, parentes de presos denunciavam que eles estariam sendo espancados e que teria uma lista de detentos que seriam transferidos para Manaus.

O diretor do presídio, Itarli Pinheiro, conversou pessoalmente com parentes dos presos e negou que eles teriam sido espancados e que não existe lista de transferências de detentos para Manaus.

“Vamos conversar com os policiais que estavam de plantão para depois tomamos uma decisão a respeito do que aconteceu”, disse.

A Unidade Ataliba David Antônio, tem a capacidade para 27 presos, mas hoje tem cerca de 105 ocupam as quatro celas.