Professores da rede municipal de ensino recebem diploma por qualificação superior - Fato Amazônico


Professores da rede municipal de ensino recebem diploma por qualificação superior

Vinte e quatro professores da rede municipal de ensino receberam o diploma de conclusão do curso de Licenciatura em Pedagogia, realizado pela Escola Normal Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), por meio do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor). Os educadores foram diplomados na noite da última quinta-feira, 22/2, e, agora, poderão oferecer um ensino ainda mais qualificado aos seus alunos.

“Os investimentos em novas ações pedagógicas e na valorização dos nossos professores têm sido priorizados na nossa gestão. E os resultados são muito positivos”, disse o prefeito Arthur Virgílio Neto, ao destacar que, este ano, os avanços chegarão também à infraestrutura das escolas municipais, com a construção de novas unidades, completando o tripé da educação de qualidade.

A cerimônia de colação de grau aconteceu na Escola Superior de Tecnologia da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), no bairro Parque Dez de Novembro, e contou com a presença de familiares e amigos dos formandos. Além dos professores da Secretaria Municipal de Educação (Semed), também colaram grau quatro professores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

A subsecretária de Gestão Educacional da Semed, Euzeni Trajano, parabenizou os formados pela resiliência e o esforço e ressaltou que o número de professores da rede municipal de ensino com curso superior é de quase 100%.  “Consideramos a graduação um grande ganho para toda rede. Por isso, parabenizamos os formandos que doaram seu tempo e esforço nesse processo”, comentou.

Plano Nacional de Formação

Resultado de uma parceria entre Ministério da Educação (MEC), Instituições Públicas de Educação Superior (IPES) e Secretarias de Educação dos Estados e Municípios, o Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) é destinado aos professores atuando em escolas públicas e que não possuem formação adequada à Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), oferecendo cursos superiores públicos e gratuitos.

Segundo a coordenadora do Parfor na Semed, Nereida Bessa, a secretaria está cumprindo uns dos parâmetros da LDB, que estabelece que todo professor da Educação Básica precisa ser graduado em curso superior. Segundo a educadora, os graduados terão mais capacidade técnica para trabalhar em sala de aula.

“Um dos principais pontos positivos dessa formação é que essa graduação vai melhorar a qualidade da educação no município”, explicou Nereida, acrescentando que existem mais duas turmas de alunos do Parfor, com cerca de 50 professores, nas áreas de Ciências Biológica e Religiosa. 

A graduação se iniciou em 2012 e foi realizada, na maior parte do tempo, no período de férias dos educadores, nos meses de janeiro, fevereiro e julho. Com a formação, os profissionais poderão atuar na área de Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

Umas das beneficiadas com o Parfor foi a professora Josana Assayag Aguiar, que atuava há 14 anos apenas com o curso de magistério, na Escola Municipal Mário Lago, localizada na zona Centro-Oeste. Para ela, a conclusão do curso vai muito além da conquista de uma formação acadêmica.

“Além  da realização  pessoal e profissional, a formação  de professores  em uma universidade  pública, como a UEA, traz impactos  positivos para todos os envolvidos. Ganhamos todos, alunos, professores  e a comunidade escolar com a capacitação  desses profissionais. E, para mim e outros colegas, essa graduação representa a resignação do professor, que deve estar em constante  formação”, disse.