Professores da rede municipal de ensino recebem formação do programa Fórmula da Vitória (Foto Cleomir Santos)
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Aproximadamente 20 profissionais que trabalham com reforço escolar em escolas da rede pública municipal de ensino iniciaram, ontem (21/5), a formação complementar do programa Fórmula da Vitória na disciplina de Matemática. O reforço é oferecido pela Prefeitura de Manaus, a partir da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Instituto Ayrton Senna (IAS). A formação vai até quarta-feira, 23/5, na Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), no bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-Sul.

A partir de 2018, a Semed trabalhará também com reforço em Matemática, até ano passado era apenas na Língua Portuguesa, no 6º ano do Ensino Fundamental. A parceria com o IAS existe há quatro  anos e, além de programas de reforço escolar, também trabalha com a correção de fluxo, por meio dos programas ‘Se Liga’ e ‘Acelera’.

O gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna, Carlos Henrique Cibella, esteve presente na formação e explicou que o intuito do programa é oferecer para o estudante a formação integral, contemplando todas as características do sujeito, além do trabalho cognitivo.

“Trabalha-se durante esse processo as competências  socioemocionais desses alunos. Já temos evidências que, ao desenvolvê-las, colaboram de forma importante quando o aluno precisa trabalhar com matérias cognitivas. São formas de alcançar melhor esse aluno dentro das dificuldades que ele apresenta. É um material específico do Fórmula da Vitória”.

Para a coordenadora do IAS na Semed, Neuza Viana, a chegada de mais esse recurso para a secretaria é muito positivo para o trabalho que vem sendo desenvolvido. “É uma conquista da rede. Depois do 3º ano, os maiores índices de reprovação estão entre os alunos do 6º ano. Com a expansão do programa, teremos mais estudantes atendidos por profissionais qualificados, que recebem formação e material específico”.

Sobre os resultados já obtidos, a tutora do programa desde 2017, Fátima Mendonça, conta que, em seus 18 anos de Semed, quase todos eles dedicados à correção de fluxo, destaca que o diferencial do Formulário da Vitória é que ele não trabalha apenas com a questão de conteúdo, mas lida com o sujeito.

“Eu tenho vários anos trabalho na correção de fluxo e o com esse programa trabalhamos a motivação do aluno, trazendo esse resgate, mostrando que ele é capaz de aprender. O material que chegou e pudemos ter acesso é muito bom e dá oportunidade do aluno de recuperar o tempo perdido, em que ele não conseguiu desenvolver algumas habilidades”, finaliza.


Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •